Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Fábulas

Fábulas

Rapidinha de segunda

Numa manhã, a professora pergunta ao aluno:
- Diz-me lá quem escreveu "Os Lusíadas"?
O aluno, a gaguejar, responde:
- Não sei, Sr.ª professora, mas eu não fui.
E começa a chorar.

A professora, furiosa, diz-lhe:
- Pois então, de tarde, quero falar com o teu pai!

Em conversa com o pai, a professora faz-lhe queixa:
- Não percebo o seu filho. Perguntei-lhe quem escreveu ”Os Lusíadas” e elerespondeu-me que não sabia, que não foi ele…Diz o pai:
- Bem, ele não costuma ser mentiroso, se diz que não foi ele, é porque não foi.
Já se fosse o irmão…

Irritada com tanta ignorância, a professora resolve ir para casa e, na passagem pelo posto local da GNR, diz-lhe o comandante:
- Parece que o dia não lhe correu muito bem…
Confessa a professora:
- Pois não, imagine que perguntei a um aluno quem escreveu "Os Lusíadas” e respondeu-me que não sabia, que não foi ele, e começou a chorar.
O comandante do posto:
- Não se preocupe. Chamamos cá o miúdo, damos-lhe um "aperto”, e vai ver que ele confessa tudo.

Já com os cabelos em pé, a professora chega a casa e encontra o marido sentado no sofá, a ler o jornal.
Pergunta-lhe este:
- Então o dia correu bem?
Desabafa a mulher:
- Nem me fales! Hoje perguntei a um aluno quem escreveu "Os Lusíadas” começou a gaguejar, que não sabia, que não tinha sido ele, e pôs-se a chorar.
O pai diz-me que ele não costuma ser mentiroso.
O comandante da GNR quer chamá-lo e obrigá-lo a confessar.
O que faço a isto?

O marido, confortando-a:
- Olha, esquece. Janta, dorme e amanhã tudo se resolve.
Vais ver que se calhar foste tu e já não te lembras…

Pudim de canela

pudim de canela

Ingredientes:

180 g de açúcar (para o caramelo)
1 lata de leite condensado
5 dl de leite
1 limão – raspa da casca
3 paus de canela
8 ovos

Preparação:

Com o açúcar, faz-se um caramelo claro e unta-se uma forma de pudim.
Num tachinho, levam-se ao lume ambos os leites, a raspa do limão e os paus de canela (que se devem partir para libertarem ainda mais sabor).
Mexe-se, deixa-se ferver e retira-se do lume.
Batem-se ligeiramente os ovos e vertem-se, em fio, sobre o preparado do leite.
Passa-se esta mistura através de um coador para dentro da forma.

Depois há 2 opções: ou vai ao forno, a 180º, dentro de um tabuleiro com água, durante 45 minutos ou coze-se na panela de pressão (eu fiz na panela de pressão, com um bocadinho de água no fundo e com a forma sobre uma base de arame, daquelas que se usam para pousar os tachos.
Depois de começar a ferver, põe-se no mínimo e ao fim de 20 minutos desliga-se.
Deixa-se sair todo o vapor e só depois se abre a panela de pressão.

Bolo Mármore de Chocolate & Baunilha




Ingredientes:

250g de farinha de trigo (com fermento);
1 c. (de café) de bicarbonato de sódio;
1/2 c. (de café) de sal (com -50% sódio);
50g de margarina amolecida;
1 iogurte grego (ligeiro); 
150g de açúcar amarelo;
4 ovos
1 c. (de chá) de essência de baunilha; 
200g de crème fraîche;
120g de chocolate para culinária (derretido).



Preparação:



Forrar uma forma de bolo inglês untada com papel vegetal.
Peneirar para uma taça a mistura de farinha com o sal e o bicarbonato e reservar.
Bater a manteiga (amolecida), o açúcar e a essência de baunilha durante 4 minutos em velocidade média, até obter um creme esbranquiçado e fofo.
Adicionar os ovos a velocidade baixa, um de cada vez.
Por fim, alternar entre a farinha e o crème fraîche e misturar delicadamente até ficar homogéneo.
Dividir a massa em duas partes iguais: numa delas juntar o chocolate derretido (arrefecido) e misturar bem com uma espátula.
Deitar um pouco de massa de baunilha no centro da forma e de seguida a de chocolate, bem no centro; continuar alternando as massas até esgotar.
No final, passar um palito comprido no meio ao longo do sentido do comprimento.
Levar ao forno cerca de 50 min. ou até estar cozido (testar com um palito).
Deixar arrefecer um pouco antes de desenformar para uma travessa.



Nota: receita adaptada daqui.

É tão bom termos quem se preocupe com a nossa saúde

A OMS é uma querida, por nos vir dizer aquilo que estamos fartos de saber: carne processada faz mal, carne "normal" em excesso faz mal.
Também o leite faz mal, água também pode fazer mal, não há nada que não faça mal, desde que seja ingerido sem conta peso e medida.

Aqui há tempos era notícia de capa de um jornal "Crianças portuguesas comem carne demais". E eu acredito...
Acredito, porque é mais fácil dar um bife a uma criança do que uma posta de peixe...
Mas se o bife for pequenino, se não empanturrarem as crianças só com carne e as obriguem a comer também o arroz, ou a batata, ou a massa, talvez não faça tão mal.

Querem reduzir o consumo de carne?
Então proíbam todas essas "fábricas de carne" onde os animais são criados em condições horríveis, só para serem mais rentáveis.
A carne de animais criados à solta (como as vacas e os porcos no Alentejo em Trás os Montes) será com certeza mais saudável.
Os animais têm qualidade de vida e a carne, porque menos abundante, será mais cara, logo consumir-se-á menos.
Era assim que devia ser.

Mousse de Coco

Ingredientes:

1 lata de leite condensado magro;
1 embalagem de leite de coco (200ml);
1 pacote de natas (200ml);
150g de coco ralado;
5 folhas de gelatina incolor;

granulado de chocolate q.b.

Preparação:

Bater o leite condensado e adicionar as folhas de gelatina (previamente demolhadas e dissolvidas num pouco de água quente).

Bater as natas até ficarem firmes e espessas.
Adicionar o leite de coco e as natas batidas.
Por fim, envolver o coco e levar ao frigorifico até ficar bem firme, de preferência, de um dia para o outro.
Antes de servir, salpicar a mousse com granulado de chocolate a gosto.

Nota: receita original encontrada aqui.

Waffles (sem glúten)


Ingredientes:
(para cerca de  6 unidades)

1 cháv. de bebida de soja;
1 cháv. de farinha de arroz;
1 ovo;
1 c. (de chá) de açúcar amarelo;
1 c. (de sopa) de margarina;
1 c. (de chá) de fermento em pó (usei sem gluten).

compota à escolha e/ou chocolate negro derretido a gosto.

Preparação:

Colocar os ingredientes na liquidificadora, primeiro os líquidos, depois os secos e bater até obter uma massa homogénea.
Entretanto, ligar a máquina de waffles na temperatura desejada.
Colocar a massa com cuidado e deixar cozinhar até atingir a cor desejada.
Retirar e servir ainda quente com uma colherada (ou mais!) de compota ao vosso gosto e/ou chocolate previamente derretido no micro-ondas.
Deliciem-se :)

Nota: receita original aqui.

Rapidinha de segunda

Seis alentejanos carregam um piano pelas escadas de um prédio.
No 4º andar, um deles resolve ir ver quantos andares faltam.
Volta e diz:
-Tenho duas notícias, uma boa e uma má.
Um deles responde:
- Conta só a boa, a má contas quando chegarmos!
- Ok, faltam 6 andares.
Continuam a subir e quando chegaram ao 10º andar, um deles pergunta:

- Qual é a má notícia?
-O prédio não é este!

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mensagens

Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2009
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2008
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2007
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2006
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2005
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2004
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D