Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Fábulas

Fábulas

.

Para tratar de gente como este ser, que ontem matou a ex-mulher à frente da filha de 5 anos e depois ainda matou um agente da GNR, devia ser restaurada (já que estamos quase no dia da restauração) a pena de prisão perpétua.

Ou então, a pena máxima poder ser aplicada cumulativamente tantas vezes quantos os crimes cometidos.
Pode ser que diminuam os criminosos, se o crime deixar de compensar...

Encharcado de Laranja e Chocolate

Ingredientes:

150g. de margarina + 1 c. (de sobremesa);
2o0g. de açúcar + 6 c. (de sopa bem cheias);
4 ovos;
3 laranjas grandes e sumarentas;
100g. de chocolate em barra;
200g. de farinha;
1c. (de chá) de fermento em pó.

Preparação:

Bata a margarina amolecida com o açúcar até obter um creme homogéneo.
Junte as gemas, a raspa da casca e o sumo de 1 laranja.
Adicione à massa metade da porção de chocolate ralado grosseiramente.
Depois de tudo bem ligado, junte a farinha peneirada com o fermento, alternando com as claras batidas em castelo firme.
Unte e polvilhe uma forma redonda, verta a massa e leve a cozer em forno médio (180ºC) durante cerca 45 mins.
Entretanto, leve ao lume as 6 c. de sopa de açúcar e o sumo das 2 laranjas até obter uma calda.
Desenforme o bolo e, ainda quente, regue-o com a calda de laranja.
Cubra com o restante chocolate previamente derretido com 1c. de sobremesa de margarina.

Bónus: aqui vai uma foto para vos abrir o apetite - uma espetadinha de fruta (morango, ananás e banana, com cobertura de chocolate e uma bola de stracciatela com chantilly) na chocolateria da Praia da Barra - ChocolateChocolate.

E volta aquele de quem não quero dizer o nome...

Já foram distribuídos aos professores os impressos para pedir os Magalhães para os novos alunos do 1.º ano.
Esta medida populista, demagógica e praticamente inútil, continua.

Na minha turma, de 13 Magalhães que foram dados às crianças em Março, há apenas 3 sobreviventes.
As mães dos alunos com computadores "falecidos" queixam-se na escola, como se eu tivesse alguma culpa.
Quando lhes digo que devem ligar para o número de assistência, dizem-me que de lá ninguém as atende (e os computadores têm todos menos de 1 ano o que deveria dar direito a accionar a garantia).

E, estando as coisas neste pé, que credibilidade merecem estes políticos?

Socorro!

(homens fora daqui, vocês não conseguem entender estes problemas...)

Às mulheres, vejam lá se não são solidárias comigo, neste grave problema existencial:

Ponto 1
Não tenho onde arrumar a roupa, já invadi todas as gavetas e roupeiros cá de casa, que são várias e vários.

E por outro lado,

Ponto 2
Não tenho o que vestir!

Tarte de Amêndoa

Massa:
400g - farinha
180g - manteiga
240g - açúcar
2 - ovos

Mexem-se os ovos com o açúcar, a farinha e a manteiga derretida. Estende-se a massa numa tarteira untada e polvilhada de farinha. Leva-se a cozer em forno médio.

Recheio:
150g - açúcar
180g - manteiga
180g - amêndoa
5 - colheres de sopa de leite

Quando a massa estiver quase cozida, põe-se num tacho a manteiga e o açúcar e leva-se ao lume mexendo. Depois de ferver um pouco junta-se amêndoa torrada e continua-se a mexer até ficar com uma cor de torrado claro. De seguida, juntam-se as colheres de leite uma a uma mexendo sempre. Desliga-se o fogão e cobre-se a tarte que entretanto já deve estar cozida, com este recheio.

Bom apetite!

Taça de leite condensado com amêndoa

Ingredientes:

200 g de palitos la reine
100 g de amêndoa laminada torrada
1 lata de leite condensado cozido
4 dl de natas (2 pacotes)
4 claras
café açucarado

Preparação:

Bater as natas em chantilly e juntar depois o leite condensado em fio e batendo sempre até ficar em creme homogéneo.
Noutra tigela, bater as claras em castelo bem firme e juntar à mistura anterior, envolvendo suavemente.

Partir os palitos ao meio e numa taça funda colocar alternadamente camadas de creme e de palitos passados pelo café.
Polvilhar com a amêndoa e levar ao frigorífico até ficar bem fresco.

Até que enfim!

Parece que é definitivo e a carreira de professores dividida em duas categorias vai mesmo acabar...

Era este o busílis da questão e não a avaliação, como todos - ministra, jornalistas mal informados, 2 ou 3 comentadores iluminados - queriam fazer crer para pôr a opinião pública contra os professores.

Nenhum professor aceitou esta divisão da carreira, nem mesmo os que se viram assim "promovidos". A ministra contava que, pelo menos estes, a apoiassem, mas não: os professores mostraram ser uma classe unida (ao contrário do que até os próprios pensavam!).

Em pleno Outono, parece que se aproxima uma nova Primavera...
Já não era sem tempo!

Pág. 1/3

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2009
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2008
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2007
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2006
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2005
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2004
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D