Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Fábulas

Fábulas

Uma fotografia por domingo (183)

[Error: Irreparable invalid markup ('<img [...] t$>') in entry. Owner must fix manually. Raw contents below.]

<div class="separator" style="clear: both; text-align: center;"><a href="http://4.bp.blogspot.com/-HY7hhOgxhGc/TjXPSQoWDZI/AAAAAAAACu0/kslYLtzUaNY/s1600/2011.07+093.jpg" imageanchor="1" style="margin-left: 1em; margin-right: 1em;"><img border="0" height="260" src="http://4.bp.blogspot.com/-HY7hhOgxhGc/TjXPSQoWDZI/AAAAAAAACu0/kslYLtzUaNY/s320/2011.07+093.jpg" t$="true" width="340" /></a></div><br />E pronto, deixadas estas ruas para trás, voltemos às do dia a dia...<br />Mas ainda de férias, o que não é mau.

Tarte de Maçã

Ingredientes:


1 embalagem de massa folhada;

6 maçãs (usei Golden);

1 pacote de natas;

2 gemas;
6 c. (de sopa) de açúcar branco;

raspa de 1 laranja;

3 c. (de sopa) de açúcar amarelo;

canela em pó q.b. (facultativo).

Preparação:


Comece por forrar a tarteira com a massa folhada.

Corte a massa a mais e utilize-a para reforçar o rebordo da tarte.

Bata as natas com as gemas e adicione o açúcar (branco), mexendo bem.

A seguir, acrescente a raspa da casca da laranja ao preparado, misturando bem.

Descasque e retire as sementes às maçãs, fatiando-as finamente.

Verta o preparado de natas sobre a massa folhada.

Por cima, coloque as fatias de maçã.

Polvilhe com o açúcar amarelo e leve ao forno pré-aquecido a 170ºC durante cerca de 25-30 minutos ou até estar dourada.

Findo esse tempo, deixe arrefecer no forno.

Se desejar, poderá polvilhar com canela em pó (como eu fiz).


Nota 1: como as maçãs que utilizei eram grandes, julgo que 4 seriam suficiente mas, como já tinha descascado 6, optei por utilizar todas e assim fazer duas camadas de maçã.

Nota 2: esta receita foi descoberta em http://www.nestle.pt/.

Mousse de maracujá

Enquanto vou ali de férias e já venho, deixo-vos com esta mousse deliciosa, maravilhosa e facílima de fazer...


Ingredientes:
  • 1 lata de polpa de maracujá
  • 1 lata de leite condensado
  • 1 pacote de natas (2 dl)
  • 5 folhas de gelatina incolor
  • 1,5 dl de água quente
Preparação:
    Dissolver a gelatina na água quente e deixar arrefecer.
    À parte, numa taça, misturar e bater a polpa de maracujá com as natas e o leite condensado (eu bati as natas em chantilly antes de as misturar com a polpa de maracujá).
    Por fim, juntar a gelatina e levar ao frigorífico de um dia para o outro.
    Servir bem fresco.
    Como tive a sorte de ter um maracujá madurinho mesmo nesta altura, enfeitei a mousse com ele.

    Notas:

    Na altura de fazer o doce descobri que a gelatina que tinha comprado... era vermelha! (na minha ignorância-embirrância-gelatinosa nem sabia que havia gelatina colorida).
    O que me valeu foi que tinha também um resto de embalagem de gelatina em pó, mas não sabia como a usar.
    Fui pesquisar na net e aprendi umas coisas interessantes, que passo a partilhar:
    1. A equivalência das diferentes gelatinas é assim: 1 folha equivale a uma colher de chá de gelatina em pó;
    2. A gelatina em pó também precisa de ser dissolvida em água antes de se misturar nos preparados;
    3. Devemos juntar os preparados à gelatina e nunca o contrário!

    Esta receita foi retirada da lata de maracujá (marca Koala).

    É isso mesmo!

    [Error: Irreparable invalid markup ('<img [...] t$>') in entry. Owner must fix manually. Raw contents below.]

    <div class="separator" style="clear: both; text-align: center;"><a href="http://4.bp.blogspot.com/-LHgnhy3kwkw/TiYX-dMsanI/AAAAAAAACpk/hkUVIVr0c68/s1600/image001ff.jpg" imageanchor="1" style="margin-left: 1em; margin-right: 1em;"><img border="0" height="242" src="http://4.bp.blogspot.com/-LHgnhy3kwkw/TiYX-dMsanI/AAAAAAAACpk/hkUVIVr0c68/s320/image001ff.jpg" t$="true" width="320" /></a></div>

    Rapidinha de segunda (xxiv)

    A simplicidade das mulheres
    Toca o telefone...
    - Estou? mãe? Posso deixar os meninos contigo hoje a noite?
    - Vais sair?
    - Vou.
    - Com quem?
    - Com um amigo.
    - Não entendo porque é que te separaste do teu marido, um homem tão bom..
    - Mãe! Eu não me separei dele! ELE e que se separou de mim!
    - Pois ... ficas sem marido e agora sais com qualquer um...
    - Eu não saio com qualquer um. Posso deixar aí os meninos?
    - Eu nunca te deixei com a minha mãe, para sair com homem que não fosse o teu pai!
    - Eu sei, mãe. Há muita coisa que a mãe fez e que eu não faço!
    - O que é que queres dizer com isso?
    - Nada, mãe ! Só quero saber se posso deixar ai os meninos.
    - Vais passar a noite com o outro? E se o teu marido vier a saber?
    - Meu EX-marido!! Não acho que se importe, ele não deve ter dormido uma única noite sozinho desde a separação!
    - Então sempre vais dormir com o vagabundo!
    - Não é um vagabundo!!!
    - Um homem que sai com uma divorciada com filhos, só pode ser um vagabundo, um oportunista!
    - Não vou discutir, mãe. Posso deixar ai os meninos ou não?
    - Coitaditos dos miúdos ... com uma mãe assim ...
    - Assim como?
    - Irresponsável! Inconsequente! Por isso é que o teu marido te deixou!
    - Chega, mãe!
    - Ainda por cima gritas comigo! Aposto que com o vagabundo com quem vais sair, tu não gritas.
    - Agora está preocupada com o vagabundo?
    - Eu não disse que era um vagabundo!? Eu percebi logo!
    - Tchau, mãe!!
    - Espera, não desligues! A que horas é que trazes os meninos?
    - Já não vou. Não vou levar os meninos. Também, já não me apetece sair!
    - Não vais sair? Vais ficar em casa? E estas à espera de quê?! Que o príncipe encantado te vá bater a porta? Uma mulher na tua idade, com dois filhos, pensas que é fácil encontrar marido? Se deixares passar mais dois anos, vais ficar sozinha a vida toda! Depois não digas que não te avisei! Eu acho um absurdo, na tua idade, ainda precisares que EU te empurre para sair!

    Biscoitos de amêndoa

    [Error: Irreparable invalid markup ('<img [...] m$>') in entry. Owner must fix manually. Raw contents below.]

    <div class="separator" style="clear: both; text-align: center;"><a href="http://4.bp.blogspot.com/-oqxSRHa1tAw/TiDNReLbVlI/AAAAAAAACog/AeoylB9x2dU/s1600/bolinhos-amendoa.bmp" imageanchor="1" style="margin-left: 1em; margin-right: 1em;"><img border="0" height="418" m$="true" src="http://4.bp.blogspot.com/-oqxSRHa1tAw/TiDNReLbVlI/AAAAAAAACog/AeoylB9x2dU/s640/bolinhos-amendoa.bmp" width="640" /></a></div><br /><b>Ingredientes:</b><br /><br />400 g de miolo de amêndoa <br />250 g de açúcar <br />4 claras <br />1 colher de café de essência de baunilha<br /><br /><b>Preparação:</b> <br /><br />Reduzir um terço das amêndoas (sem pele) a pó e as restantes triturá-las grosseiramente. <br />Bater as claras em castelo, juntar o açúcar e a essência de baunilha e mexer bem. <br />Juntar as amêndoas. <br />Forrar um tabuleiro com papel vegetal. Usar uma colher de chá como medida para cada biscoito. Encher a colher e com a ajuda de outra colocar a massa no tabuleiro, deixando um espaço de um dedo entre eles. <br /><br />Levar ao forno pré-aquecido até começarem a dourar. <br /><br /><b>Notas:</b> <br /><br />Estes biscoitos ficam molinhos e fofos e são muito, mas mesmo muito bons. <br />Na receita diz que estes biscoitos são ótimos para acompanhar sobremesas de colher, como por exemplo gelados. <br />Diz também que se conservam durante muito tempo, bem fechados numa caixa, mas isso não posso confirmar, porque os meus não duraram nada! <br /><span style="font-family: Georgia,&quot;Times New Roman&quot;,serif;"><br /></span><br /><i><span style="font-family: Georgia,&quot;Times New Roman&quot;,serif;">Receita da Notícias Magazine de setembro de 2010.</span></i>

    Até que enfim!

    Experiências anteriores infelizes dizem-me que mantenha a calma e alguma muita desconfiança em relação ao que se diz, que pode depois não ter consequências...
    No entanto não posso deixar de sentir uma réstia de esperança de que finalmente haja algum bom senso em matéria de educação neste país.

    «Porto, 15 jul (Lusa) -- O ministro da Educação, Nuno Crato, disse hoje que o documento das competências essenciais é "inútil, mal organizado, palavroso e repleto de orientações pedagógicas que são caducas e que não compete ao Estado ditar".

    Ao intervir na sessão de encerramento da apresentação dos resultados de mais um ano de trabalho do Projeto Fénix, pela Universidade Católica do Porto e pelo Agrupamento de Escolas de Beiriz, Nuno Crato afirmou: "Neste momento, temos três documentos orientadores do currículo, que são as chamadas competências essenciais, contra a qual eu tenho bramado e continuo a bramar".


    Para o ministro, este é "um documento inútil, mal organizado, palavroso e repleto de orientações pedagógicas que são caducas e que não compete ao Estado ditar".»

    Dexter

    Vai recomeçar - desde o 1.º episódio da primeira série - a série Dexter, no canal Fox.
    Acho que é pela noite dentro, mas pode-se sempre recorrer à gravação, que é o que vou fazer.

    Para quem não conhece, digo-vos que é a oportunidade de, numa história, ficarem a torcer pelo assassino.
    E que assassino!

    Pág. 1/2

    Mais sobre mim

    Subscrever por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

    Arquivo

    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2014
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2013
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2012
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2011
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2010
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2009
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2008
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2007
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2006
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2005
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2004
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D