Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Fábulas

Fábulas

Decidam-se, ok?

Ando às voltas com o euro e com os cêntimos.
E meter naquelas cabecinhas, que ainda mal sabem ler, que 1€= 100 cêntimos, e fazer aquelas contas todas e aquelas equivalências, é areia de mais para eles...

Por isso, se o euro está mesmo para acabar, façam-no depressa, antes que eu dê em doida!

Devo ser muito burra,

mas não sei onde raio está a justiça de, por ganhar mais de 1100 €* por mês, deixar de ter direito ao subsídio de natal e de férias...
E de o vizinho do lado, apesar de ganhar bastante mais, não perder direito a nada, só porque o patrão não é o mesmo.

Não seria muito mais justo se, por exemplo, criassem um imposto sobre o que vai para além dos 800, ou dos 900, ou dos 1000 - o que entendessem - mas para toda a gente?

Será assim tão difícil de entender?

* eu sei que a maioria dos portugueses ganha ainda menos, mas não é isso que está em causa agora.
Realmente o ordenado mínimo nacional é uma vergonha, uma afronta a todos os que trabalham e que têm uma casa para sustentar e direito a uma vida digna.

Rapidinha de segunda (xxxvi)

O fabuloso Paulinho
(ou de como às vezes nos queixamos de barriga cheia...)

Um casal passa a lua de mel numa linda cidade. 
Numa dos seus passeios passam perto de uma casa de espectáculos eróticos onde o letreiro anuncia: 'HOJE, O FABULOSO PAULINHO'.

Entram e o show começa com Paulinho, 44 anos, numa cama com um loura, uma morena e uma ruiva, que ele traça uma a uma...... e depois repete. 
As três mulheres, exaustas, deixam o palco, enquanto Paulinho agradece ao público, que aplaude efusivamente, de pé.
Sob o rufar de tambores, uma mesinha com 3 nozes é colocada bem no centro do cenário.
Paulinho quebra as 3 nozes com o pénis, com pancadas precisas. 
O público vai à loucura e ele é ovacionado por vários minutos!  

Passados 25 anos, para recordar os velhos tempos, o casal decide comemorar as bodas de prata na mesma cidade. 
Passeiam pelos mesmos lugares e, diante da mesma casa vêem, surpresos, o cartaz:  'HOJE, O FABULOSO PAULINHO'.
Entram e, no palco, quem está lá?
O Paulinho, agora com 69 anos, enrugadinho, cabelos brancos, traçando 3 mulheraças com o mesmo pique. 
Não dá para acreditar!
Quando os tambores começam a rufar, é colocada no centro do palco a mesma mesinha, agora com 3 cocos, e ele os quebra com o pénis com a mesma precisão. 
Boquiaberto, o casal vai ao camarim para cumprimentar  pessoalmente o fabuloso Paulinho e, curiosos, perguntam-lhe o motivo da mudança das nozes para cocos.
Meio sem graça, ele responde:
- A velhice é uma merda! A vista tão fraca que já não consigo ver as nozes.

Bolo de Cenoura com 1 Ovo

Ingredientes:



110 grs. de manteiga;

100 grs. de açúcar mascavado;

110 grs. de farinha de trigo;

1 c. (de chá) de fermento em pó;

2 cenouras raladas;

1 ovo;

açúcar em pó para decorar.


Preparação:


Com uma batedeira, bater a manteiga juntamente com o açúcar e juntar o ovo inteiro.

Adicionar depois a farinha e o fermento, a cenoura ralada e misturar bem.

Levar ao forno pré-aquecido a 180ºC, numa forma (redonda ou rectangular) untada com manteiga, cerca de 25 minutos.

Desenformar e decorar com um pouco de açúcar em pó.

Pode servir tanto morno como frio.


Nota: receita descoberta aqui

O meu marido

O meu marido não me manda flores... (mas é capaz de me trazer uma rosa amarela do quintal, lá para finais de Dezembro, quando andar a podar e por lá encontrar uma esquecida).


O meu marido não me chama "amor", nem "querida", muito menos "fofa" ou "filha"... (mas chama-me pelo meu nome ou diminutivo de uma maneira especial e inconfundível).

O meu marido não me dá jóias caras... (mas oferece-me um carinho enorme, um olhar especial e uma disponibilidade sem limites, sempre).

O meu marido às vezes vai a jantares de amigos ou colegas, mas diz sempre que preferia jantar comigo... (e eu sei que é verdade).

O meu marido quando precisa de ir a algum lado, seja lá onde for, prefere a minha companhia à de qualquer outra pessoa... ( e eu também).
Todas as mulheres têm uma "melhor amiga", de quem nada escondem. Eu também tenho algumas boas amigas, mas a melhor de todas... é o meu marido.

O meu marido faz anos hoje.Como ainda não lhe comprei nada, vou oferecer-lhe esta prenda e dizer-lhe "amo-te" (ele sabe, mas não faz mal nenhum dizer-lhe outra vez e outra e outra...)

Tarte fine aux pomes


Não se assustem com o nome pomposo, é uma simples tarte de maçã, mas quis ser fiel ao nome do livro da Nigella de onde copiei a receita ("Na cozinha com Nigella").

Vais precisar de:

2 maçãs granny smith grandes (ou 3 pequenas)
sumo de 1 limão
1 folha de aproximadamente 375 g (40x23 cm) de massa folhada de compra
2 colheres de sopa de açúcar
1 colher de sopa de manteiga
crème fraiche para servir, facultativo

E faz-se assim:

1. Pré aqueça o forno a 180º.

2. Retire o caroço às maçãs e corte-as ao meio.
(eu primeiro corto ao meio e depois é que tiro o caroço!!, mas eu não sou a Nigella...)
Deite o sumo de limão num prato grande e raso e acrescente um pouco de água fria. Mergulhe as metades das maçãs na água com limão para que não escureçam.

3. Estenda a folha de massa folhada num tabuleiro de ir ao forno forrado e, com as costas de uma faca ou com uma régua de metal, marque um rebordo de 1 cm a toda a volta do retângulo. Deve marcar esta linha na massa folhada e não cortá-la. Isto permite que este rebordo suba acima do nível do recheio.
(nesta parte falhei estrondosamente, por isso publico apenas a foto de uma fatia e não da tarte inteira - que não ficou lá muito bonita...)

4. Retire as metades da maçã da água com limão, e seque-as.
Corte cada metade em quartos e fatie cada quarto o mais fino que puder: imagine bolachas finas.

5. Polvilhe a base com 1 colher de açúcar. Trabalhando a partir da margem interior, coloque as fatias de maçã, sobrepondo-as, dentro dos limites do rebordo. Forme linhas direitas de maçã até a massa ficar coberta.

6. Aqueça a manteiga com o restante açúcar numa pequena caçarola e deixe ferver alguns minutos, até ficar cor de caramelo claro. Regue as maçãs com este xarope e coloque a tarte no forno.

7. Coza durante 20-25 minutos, altura em que um rebordo de massa folhada deve ter crescido à volta das maçãs e a fruta deve estar levemente alourada.
Corte em quadrados ou fatias.

Dá para 6 a 8 pessoas.

Parabéns "Laços de sangue"

???
??? A novela "laços de sangue" ganhou hoje um Emmy. Parabéns!


Bem merecido, já que esta foi uma excelente novela, (embora tenha começado a abandalhar lá para o fim, com a mania que há de as "esticarem" para lá do razoável).
Já a atual é uma bela porcaria (ou era, que entretanto deixei de ver)...

E é uma pena, já que eu gosto de seguir uma novela (faz parte do meu tratamento anti-stress diário) e agora fiquei sem nenhuma para ver. Sniif.



Pág. 1/3

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2009
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2008
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2007
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2006
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2005
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2004
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D