Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Fábulas

Fábulas

Bolo pluma de coco e cerejas




Ingredientes do bolo:


1 ovo grande
60 g de açúcar branco
70 g de manteiga com sal
70 g de coco ralado
50 g de farinha com fermento
1/4 colher de chá de fermento
90 ml de leite

Ingredientes do caramelo de cereja:

20 g de manteiga com sal
40 g de açúcar branco
cerejas negras

Ingredientes da decoração:

cerejas negras
cerejas vermelhas
folhas de hortelã

Preparação:

Derreter a manteiga e vertê-la no fundo de uma forma de bolo inglês, untada e salpicada com as 40 g de açúcar (distribuir bem o açúcar pelo fundo da forma).

Sobre o açúcar, fazer filas de cerejas cortadas a meio, (eu tirei-lhes o caroço) encostando-as bem umas às outras e de modo a forrar todo o fundo da forma.
Juntar a manteiga com o açúcar e bater, em velocidade média, até obter uma espécie de creme.
Acrescentar a gema, bater mais um pouco e adicionar o coco, o leite e a farinha misturada com o fermento, um de cada vez e batendo entre cada adição.

Bater bem a massa até que esta se encontre homogénea.Incorporar, com o auxílio de uma espátula, a clara previamente batida em castelo com uma pitada de sal fino.
Verter a massa sobre as cerejas, alisar a superfície e bater com a forma, com delicadeza, sobre a mesa (isto para que saiam possíveis bolhas de ar que possam estar na massa).

Levar o bolo ao forno pré-aquecido a 170º por cerca de 40 minutos.
Retirar do forno e aguardar 10 minutos antes de desenformar.

Colocar o bolo numa torteira e decorar com as cerejas e a hortelã.

Receita adaptada deste blog.

Bolo de Milho com Laranja e Tomilho

Ingredientes:

1 iogurte natural;
50g de margarina light;
100g de açúcar amarelo;
3 ovos;
1 c. (de café) de folhas de tomilho seco;
raspa e sumo de 1 laranja;
40g de farinha de trigo;
120g de farinha de milho;
1 c. (de chá) de fermento em pó;
100g de amêndoa laminada.

Preparação:

Com a batedeira eléctrica, misturar muito bem o iogurte, a margarina e o açúcar até ficar com um creme esbranquiçado.
Adicionar depois os ovos, as folhinhas de tomilho e o sumo e a raspa de laranja.
Bater tudo novamente para incorporar.
Acrescentar, por fim, as farinhas, o fermento e a amêndoa laminada (deixando alguma para decoração).
Misture tudo mais um pouco com a batedeira em velocidade baixa até obter uma massa homogénea.
Colocar a massa numa forma de bolo inglês previamente untada e polvilhada, alisando a superfície. Polvilhar com as restantes amêndoas laminadas e levar ao forno previamente aquecido a 180ºC durante cerca de 45 minutos.
Retirar do forno e deixar arrefecer sobre uma grelha antes de transpor para uma travessa.


Nota: mais um bolinho trazido daqui.

Mousse After-Eight

Ingredientes:
(para cerca de 8 doses)

6 ovos;
200g de chocolates "after-eight" (uma caixa das pequenas - deixar alguns para enfeitar cada taça);
100g de chocolate negro.

Preparação:

Partir ambos os chocolates em pedaços e derreter em banho maria, mexendo de vez em quando até obter um creme aveludado.
Entretanto, separar os ovos e bater as claras em castelo.
Ao chocolate derretido, misturar as gemas batidas e envolver bem.
Acrescentar depois as claras em castelo, aos poucos e poucos, envolvendo cuidadosamente para a mousse não perder a consistência.
Colocar em tacinhas individuais (ou numa taça grande) e levar ao frigorífico de um dia para o outro (ou algumas horas antes de servir).
Servir bem fresquinha e com um after-eight em cada taça.

Nota: receita original encontrada aqui

Bolo de Natas aromatizado com Baunilha

Ingredientes:

120g de açúcar amarelo;
200ml de natas light;
2 c. (de chá) de aroma de baunilha;
3 ovos grandes;
150g de farinha de trigo;
1 c. (de chá) de fermento em pó;

raspa de 1/2 limão;
açúcar em pó (facultativo).

Preparação:

Numa taça, bater todos os ingredientes até ficar com uma mistura homogénea.

Colocar depois numa forma rectangular, previamente untada e polvilhada, e levar ao forno previamente aquecido a 180ºC durante cerca de 30 minutos.
Retirar e deixar arrefecer um pouco antes de desenformar para um prato de servir.

Cortar em fatias e polvilhar com um pouco de açúcar em pó, se desejar.

Mais simples, é impossível!
Fica a sugestão para servir ao lanche com uma bela chávena de chá ou café!

Nota: mais uma receita trazida daqui.

Greve

Basta ver as "contagens" que vão aparecendo sobre a greve, para constatar que hoje só contam os alunos que fizeram ou não fizeram exame. Aliás, o objetivo da greve era mesmo esse: inviabilizar o máximo possível de exames.

Como não fui convocada para tomar conta de nenhum exame (graças a Deus, que parece que aquilo é uma autêntica tortura*, do género de uma pessoa não se poder sequer sentar), não fiz greve (se tivesse sido convocada, faria greve).
Só me ia prejudicar a mim, e já estou prejudicada que chegue...

Por isso, não me revejo nos  insultos por esse facebook fora, aos que não fizeram greve.
Há professores que, se tivessem algum poder, eram piores que o ministro.
Deus me livre deles!


* hoje, pelo que li, esqueceram todas as "regras de segurança" - algumas bem estúpidas, diga-se... - e valeu tudo, até fazer exame em ginásios. Há diretores que são uns capachos queridos.

Panna cotta

Só tinha comido esta sobremesa uma vez e lembro-me que tinha gostado.Com umas natas quase a perder a validade, resolvi testá-la.Uma quase especialista em panna cotta, que já as comeu mesmo lá na terra delas, disse que esta estava muito boa!


Ingredientes:

4 dl de natas (2 embalagens)
2 dl de leite
150 g de açúcar
6 folhas de gelatina incolor
1 vagem de baunilha 

Doce de framboesa:

200 g de framboesas*
100 g de açúcar
umas gotas de sumo de limão

 Preparação:

Põe-se a gelatina a demolhar em água por, pelo menos, 5 minutos.
Entretanto leva-se ao lume as natas, misturadas com o leite, o açúcar e a vagem de baunilha (as receitas que vi variam muito, mas eu pus toda a vagem, aberta mas com a parte interior e tudo).

Deixa-se quase ferver e desliga-se.
Adiciona-se a gelatina, devidamente demolhada e mexe-se até ela se dissolver por completo.
Coa-se este preparado para uma ou várias tacinhas.

Vai ao frigorífico no mínimo 4 horas (eu deixei de um dia para o outro).


Preparação do doce:

Leva-se tudo ao lume até as framboesas de desfazerem e ficarem com a consistência de doce.

No dia seguinte desenforma-se o doce (molha-se o fundo da forma em água quente) e cobre-se com o doce de framboesa.

* são do meu quintal, que eu vou apanhado e congelando, porque ainda são pouquinhas...

Pág. 1/2

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2009
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2008
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2007
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2006
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2005
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2004
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D