Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Fábulas

Fábulas

Frio?


Frio, frio, não está: o sol brilha lá fora e num local abrigado até se está bem.
Mas, assim que ele desaparece, o tempo arrefece bastante.

Ainda bem que os senhores do tempo mandaram pôr o alerta amarelo!
Não fosse isso, ainda saía eu de casa em top e calções!
Livra!!

"PNL"


Hoje foi "dia de biblioteca" (o dia da biblioteca itinerante).
A miudagem adora ir à carrinha, bisbilhotar aquilo tudo e, finalmente, escolher um livro para trazer.

O N. estava triste.
O pai dele não assinou o papel - uma espécie de responsabilização no caso de o livro se perder - e ele não podia requisitar um livro.

"Mas já voltaste a pedir ao teu pai que te deixe ir à biblioteca?"
"Já pedi e ele não deixa"
"Mas porquê?"
"Ele diz que eu não preciso de ir à biblioteca porque ainda não sei ler!"

Ensino mesmo, mesmo, mesmo especial!


Hoje apresentou-se na minha escola uma professora que devia ser do Ensino Especial.
Estas professoras são normalmente especializadas neste tipo de ensino, uma vez que as crianças "diferentes" precisam de um apoio e de um ensino também ele diferenciado.
Há técnicas de ensino e de abordagem das matérias diferentes daquelas que são usadas pelos professores do currículo normal.

Daí o meu espanto quando a nova colega diz que é professora de EVT do 2.º ciclo, que de ensino especial nada percebe e nem sabe como ali foi parar!

E é assim que o ensino, dito especial, é tratado.
(e é assim que os professores são tratados

A Floreca deixou-me o link para uma notícia sobre este tema.Aqui.

Insegurança Social

Na aldeia onde trabalho não há nenhum infantário, apenas uma pré escola que, como todas, só aceita crianças a partir dos 3 anos.
Ora, como as pessoas que trabalham não podem estar 3 anos em casa com os filhos, muitas optaram por os deixar numa ama.
Algumas das crianças que frequentam a escola e que têm até 10 anos, estão com ela desde os 3 meses de idade.
É uma espécie de segunda (ou primeira!) mãe para muitos deles.

Acontece que, assim sem mais nem menos e de um dia para o outro, foi chamada à Segurança Social e lhe disseram que não podia ficar com crianças com mais de 3 anos.
A partir de JÁ.

Os pais e mães que lá têm os garotos ficaram aflitos e foram hoje à Segurança Social pedir satisfações.
Vinham indignados.
A Assistente Social que os recebeu disse-lhes que "se desenrascassem" que os filhos eram deles e por isso teriam de resolver o problema!

A mim faz-me uma enorme confusão que um pai ou uma mãe não possam decidir sobre o local onde deixar os filhos, que seja obrigado a optar - e a pagar - por um infantário!

O põe ma do corretor horto gráfico


Tenho um corretor horto gráfico,
Nu meu computa dor a trabalhar.
Com fio nele, ver e fica sem pré
O diz para te que não com sigo em contar.


Reli este põe ma de pio a navio
E de certo vão gostar de sabor
Esta coreto horto gráfica mente
A sim a testa o meu corretor.


A Bell descobriu - e confirmou - que afinal não podemos confiar no corrector ortográfico.
Mas haverá quem confie??

Da invariância da quantidade

Em Matemática andam os pequeninos a aprender e a experimentar a invariância da quantidade...

Isto trouxe-me à memória uma das muitas maldades que eu, em miúda, fazia à minha irmã (mais nova 5 anos) e que não tinha ainda adquirida esta noção.
Sempre que a sobremesa era para partilhar, eu dividia-a em 2 partes, uma grande e uma pequenina.
A parte pequenina eu espalhava-a pelo prato o mais que podia, com muita técnica e arte.
A parte maior "encolhia-a" num cantinho do prato...
E, ó bondade das bondades, dava-lhe a escolher!

É claro que ela escolhia a parte esparramada pelo prato...
Eu ficava com fama de boazinha e ainda tinha direito a uns xi-corações de gratidão!!

(embora ela já saiba disto, seria melhor que não lesse!)

Pág. 2/2

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2009
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2008
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2007
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2006
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2005
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2004
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D