Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Fábulas

Fábulas

Esqueci-me do Carnaval, sniff!


É verdade: esqueci-me do Carnaval!
Lembrei-me só hoje, à hora de saída e graças à professora de inglês, que amanhã é o último dia de aulas antes do Carnaval!
Sendo assim, não há enfeites na sala nem avisei as crianças para irem para a escola mascaradas!

Alguns (aqueles que vão mascarados só porque as mães fazem questão disso) vão-me agradecer este esquecimento durante toda a vida!

Também, quem é a pessoa normal que se lembra do Carnaval em Janeiro?
Além disso o meu subconsciente tem tendência a esquecer daquilo que a "dona" não gosta!

Avaliações, mais uma vez!

(clicar para ler)

Não sei quem é o autor deste cartoon (mas a assinatura não me é estranha...)
E gostava mesmo de saber, para poder processar este senhor por plágio!!
Então não é que um dia depois de eu ter inventado as "auxiliares titulares" ele aparece com os "alunos titulares"??
Ai, ai!

(e pronto, graças às indicações do Anterozóide e depois de umas pesquisas pelo google, dei com o Refluxo, cheio de excelentes cartoons)

Avaliações e companhia

Deve estar por aí a rebentar a avaliação do pessoal não docente.
Como coordenadora de escola, é um frete que tenho de enfrentar todos os anos.

(Por saber como é difícil avaliar o trabalho das pessoas, mesmo quando ele se vê no concreto - escola limpa, boa organização, etc. - imagino o que vem por aí com a avaliação dos professores!!!)

Então lembrei-me de propôr o seguinte:
Eu não tenho nada que avaliar a auxiliar da minha escola. Elas que arranjem "auxiliares titulares" que as avaliem...

E é se querem!!

Gandas Uportenidades

Numa altura em que os professores se preparam para serem "avaliados" por colegas que lhes assistirão às aulas (como se tivessem voltado a ser estagiários) e em que os novos professores irão de ser avaliados com uma prova onde, se não obtiverem 14 valores, não poderão ingressar no ensino,
nada como brincar com leis estúpidas imaginadas com certeza por alguém que tirou assim o seu curso!!
Ah, e não se esqueçam de comprar Bolicao!!


Professores são profissão em que portugueses mais confiam...

"Os professores merecem a confiança de 42% dos portugueses, muito acima dos 24% que confiam nos líderes militares e da polícia, dos 20% que dão a sua confiança aos jornalistas e dos 18% que acreditam nos líderes religiosos. Os políticos são os que menos têm a confiança dos portugueses, com apenas 7%."
(podem ler o resto do artigo aqui)

Depois de ler esta notícia só posso concluir que a ministra da educação não é portuguesa...
Para ela os professores não são confiáveis, são uns malandros faltistas, e então vá de os pôr a avaliarem-se uns aos outros, essa cambada!
A culpa do (mau) estado da nossa educação é culpa deles e só deles!
Nunca lhe passou pela cabeça que a maior parte da culpa é das péssimas políticas dos sucessivos ministérios da educação - com o actual num "honroso" primeiro lugar!! - e de programas curriculares completamente absurdos!

Fins de tarde

perfeitos são:
quando eu chego a casa ainda com sol e vou lanchar para o quintal.

Não tenho de pôr a mesa nem de levar nada.
Basta-me estender o braço e apanhar uma laranja (ou duas, ou três...).
Sabe bem comê-las assim, directamente da árvore, pespegadinha ao sol e com a Xena por companhia!



São servidos?


A Xena, enquanto espera pacientemente, vai aproveitando para fazer a higiene diária...

Racismo? O que é isso?

Imaginem uma funcionária que é completamente incompetente no seu trabalho.

Não cumpre as suas obrigações, ou seja não faz o trabalho para que é paga, prejudicando assim imensa gente (porque o trabalho que ela não faz, também não é feito por mais ninguém).

As colegas vão reclamando mas de nada adianta...
Parece que a dita senhora está bem "encostada".
O "público" para quem ela trabalha (embora indirectamente) também não se queixa, ou vai-se queixando à boca pequena, mas sem grandes manifestações.

E tudo isto porquê?
Porque a dita senhora é negra, e as pessoas têm medo de, ao queixarem-se, serem acusadas de racistas!

Pág. 1/3

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2009
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2008
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2007
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2006
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2005
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2004
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D