Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Fábulas

Fábulas

.

Nem me apetecia falar do assunto, mas como dei a notícia do desaparecimento do meu gatinho, vou ter de contar o resto: depois de 6 dias à procura dele pelas redondezas e de ter deixado apelos em vários locais, recebi um telefonema de uma senhora que me disse que o encontrou morto à frente da casa dela (e pelo que percebi é bem pertinho da minha).
Ela contou-me que ainda bateu à porta de 2 vizinhas para saber se o gatinho era delas e, não achando o dono, acabou por o colocar no contentor do lixo.
Por isso eu nunca mais dei com ele... :(

Fiquei imensamente triste, porque este gatinho era mesmo especial: há muitos anos que eu não tinha um gato que tivesse vindo cá para casa muito pequenino e que tivesse sido "educado" por mim. Era extremamente meigo, sem deixar de ter as características de felino, de me morder as mãos todas, de me fazer esperas atrás das portas para se atirar às minhas pernas... Parecia um cachorrinho, sempre atrás de mim por todo o lado.
Ia até lá fora dar as suas voltas, mas regressava sempre rapidamente, raramente se ausentando mais de 1 ou 2 horas.

Publiquei a notícia do desaparecimento dele num site de animais perdidos (encontra-me.org) e aí recebi algumas críticas de comentadores por deixar o gato andar à solta e ter assim provocado o seu desaparecimento.
Eu sei que se tivesse o gato fechado em casa ele não desapareceria (embora estejam lá anúncios de gatos fechados que um dia desaparecem...) e muito menos teria morrido atropelado.
Mas...

Para mim o gato é o símbolo da liberdade.
Enquanto vivi num apartamento nunca quis ter gatos, precisamente para não condenar o bichinho à clausura e ia agora fechar um gato em casa, quando tenho tanto espaço?
Apesar dos muitos riscos que eu sei que ele corre por andar em liberdade, eu não sou capaz de o manter aprisionado, é contra os meus princípios.

Sei que o meu gatinho teve uma vida curta mas muito, muito feliz, e esse é o consolo que me resta.

Mousse de Limão

Ingredientes:


1 lata de leite condensado;
3 iogurtes naturais;
sumo de 2 limões;
raspa de 1 limão;
raspa de chocolate q.b.

Preparação:

Numa tigela colocam-se todos os ingredientes, mexendo bem até obter um creme homogéneo.
Coloca-se numa taça de vidro e vai ao frigorífico até ao momento de servir (o ideal é durante várias horas ou de um dia para o outro).
Antes de servir, decore com raspas de chocolate a gosto.

Nota: esta receita é óptima para quem tem uma sobremesa para fazer e não tem muita variedade na despensa. Além disso, é super rápida, económica e muito fresca.
Encontrei-a nos sabores.sapo.pt

Parabéns à Câmara Municipal de Aveiro!

Sou muito rápida a criticar, mas também me esforço por dizer bem sempre que possível.
E, desta vez, a CMA está de parabéns pois mandou distribuir por toda a população 3 "eco-sacos": um verde para vidro, um amarelo para o plástico e o azul para o papel.
São sacos bons, de boa qualidade, que servem mesmo para o fim a que se destinam.

Além disso, trazem ainda informação sobre a sua utilidade e a utilidade da reciclagem com exemplos simples e claros.
Até que enfim!

Eu não preciso dos sacos para começar a fazer separação de lixos (sou quase fanática, tanto em casa como na escola), mas para muitas pessoas talvez seja uma boa ajuda e um incentivo.

Parabéns!

(Agora, para terem direito a uma ovação ainda maior, deviam dar às escolas uns mini-ecopontos, porque seria um bom incentivo também às crianças e é por aí que temos de ir: ensinar as crianças para que estas chateiem os pais e venham a ser adultos mais responsáveis que os de hoje).

Delícia de Chocolate

Ingredientes:

3 folhas de gelatina incolor (usei apenas 2);
0,75 dl. de água;
100 grs. de açúcar;
250 grs. de chocolate em barra;
5 dl. de natas;
8 bolos champanhe;
café solúvel e lascas de chocolate branco q.b.

Para a cobertura:

50 ml. de natas;
100 grs. de chocolate em barra

Preparação:

Demolhe as folhas de gelatina em água fria.
Leve a água com o açúcar ao lume; quando ferver, junte-lhes as folhas de gelatina espremidas.
Mexa até se dissolverem.
Derreta o chocolate em lume brando e adicione-o ao preparado de gelatina.
Bata as natas e envolva-as no preparado anterior, batendo sempre.
Numa forma, verta metade do preparado das natas; no centro, coloque os palitos la reine, previamente embebidos em café.
Adicione o restante preparado de natas e leve ao congelador até ficar bem sólido.
Prepare a cobertura: leve as natas ao lume e, quando ferverem, adicione-lhes o chocolate em pedaços.
Deixe arrefecer e mexa bem.
Retire o bolo do congelador; desenforme-o e cubra-o com o preparado de chocolate, já frio.
Decore-o com lascas de chocolate branco (eu usei preto).

Uma fotografia por domingo, mas infelizmente não é só isso...


Já tinha publicado algumas fotos do meu gatinho, mas desta vez os motivos são muito maus.

Na quinta-feira, dia 1 de Abril, desapareceu.
Ele andava lá por fora, mas normalmente nem se afastava de casa, nem se demorava muito.
Desta vez não apareceu.

Percorri todas as ruas das redondezas e não o achei, nem vivo nem morto.
Mas como um gato não se evapora, ele tem de estar em algum lado!

Às vezes convenço-me que morreu, outras vezes que anda por aí perdido, assustado e com fome, outras ainda penso que alguma alma caridosa o recolheu.

Esta incerteza está a custar-me imenso, e eu já não sei o que fazer...

Creme de Queijo


Ingredientes:

200 grs. de queijo para barrar;
1 chávena (de chá) de creme de pasteleiro;
2 dl. de natas batidas;
150 grs. de bolos de champanhe;
1 chávena (de chá) de café;
cacau em pó q.b.
50 grs. de chocolate derretido.

Preparação:

Misture o queijo com o creme de pasteleiro; mexa bem e adicione as natas.

Acrescente o chocolate derretido (que foi ao micro-ondas com um pouco de leite) e mexa bem.

Passe 130 grs. de palitos pelo café.

Disponha camadas alternadas de palitos e creme de queijo em taças, terminando com o creme.

Polvilhe com os restantes palitos triturados e leve ao frio, durante 2 horas.

Sirva de seguida, polvilhado com um pouco de cacau em pó.

Creme de pasteleiro (1 chávena):

Ferva 1,5dl de leite com uma tira de casca de limão. À parte, misture 45 grs. de açúcar, duas gemas e 15 grs de farinha. Verta o leite em fio, mexendo sempre. Leve ao lume, a cozer, até ficar espesso.

Nota: a receita original pedia queijo mascarpone e palitos la reine.

Bolinhos para chá

Ingredientes:

18 colheres de sopa de farinha
6 colheres de sopa de açúcar
3 ovos
3 colheres de sopa de manteiga derretida
raspa e sumo de 1 laranja



Preparação:

Misturar bem todos os ingredientes até formar uma massa uniforme.
Amassar e fazer bolinhas.
Colocá-las num tabuleiro untado e fazer-lhe um golpe em forma de cruz.
Levar ao forno a 160º durante 15 minutos.

Notas:
A receita destes bolinhos estavam num pacote de açúcar (SIDUL).
Achei-a tão simples que resolvi fazê-la.
Os bolinhos ficam muito bons. Os meus ficaram a parecer mais pãezinhos do que bolinhos, pois fi-los grandes demais. Mas ficaram saborosos na mesma.

E a culpa é... do palhaço!

Li (não sei onde) que o palhaço da McDonalds foi despedido.
E sabem porquê?
Porque aquelas mentes brilhantes dos americanos concluiram que era por causa dele que as criancinhas engordavam!!

Claro que a culpa não podia ser dos pais que alimentam as suas crias a batatas fritas e bolachas desde que nascem...

É que, para muitos pais, é muito mais fácil dizer "sim" que dizer "não".
Com o "sim" recebem em troca crianças felizes e que não chateiam por uns momentos.

Com o "não" são necessárias algumas explicações e ainda estão sujeitos a ter de aturar uns amuos dos rebentos... Uma canseira!

A esta canseira dá-se o nome de "educação", mas como cada vez menos pais o fazem, as culpas de tudo o que de mal acontece tinham de recair em alguém...

Afinal, a culpa é do palhaço!

Pág. 2/2

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2009
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2008
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2007
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2006
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2005
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2004
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D