Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Fábulas

Fábulas

Rapidinhas de segunda (xxii)

(Dedicada aos meus queridos amigos e amigas advogados/as)

Um chefão da Máfia descobriu que o seu contabilista tinha desviado 10 milhões de euros da caixa.
O contabilista era surdo-mudo. Por isto fora admitido, pois nada poderia ouvir e, em caso de um eventual processo, não poderia depor como testemunha.

Quando o chefão lhe foi dar um aperto sobre o paradeiro dos 10 milhões, levou com ele a sua advogada, que sabia linguagem gestual.
O chefão perguntou ao contabilista:
- Onde estão os 10 milhões que você roubou?
A advogada, usando a linguagem gestual, transmitiu a pergunta ao contabilista que logo respondeu, também em linguagem gestual:
- Eu não sei de que estão vocês a falar.

A advogada traduziu para o chefão:
- Ele disse não saber do que se trata.
O mafioso sacou uma pistola 45 e encostou-a na testa do contabilista, gritando:
- Pergunte-lhe de novo.
A advogada, sinalizando, disse ao infeliz:
- Ele vai matá-lo se você não disser onde está o dinheiro.

O contabilista sinalizou em resposta:
- Ok, vocês venceram! O dinheiro está numa mala de couro castanha, que está enterrada no quintal da casa de meu primo Giani, no n.º 40, da Rua 26, no bairro Santa Marta!

O mafioso perguntou à advogada:
- O que foi que ele disse?
A advogada respondeu:
- Ele disse que não tem medo de paneleiros e que você não é macho o bastante para puxar o gatilho...

Bolo de Laranja



Ingredientes:

3 chávenas de farinha de trigo;
1 e 1/2 chávena de açúcar;
1 chávena (mal cheia) de óleo;
1 chávena de sumo de laranja (cerca de 2 ou 3 laranjas);
5 ovos;
raspa de 2 laranjas.

Preparação:

Misture as gemas com o açúcar.
Junte de seguida o óleo e o sumo de laranja, mexendo bem.
Adicione a farinha e a raspa de laranja.
Entretanto, bata as claras em castelo firme, incorporando delicadamente na massa anterior. Coloque a massa numa forma, previamente untada e polvilhada, e leve ao forno pré-aquecido a 180º durante cerca de 40 minutos.

O bolo fica com uma textura ligeiramente húmida, mas se quiser ainda mais, depois de cozido pode regar-se com sumo de laranja.
É muito saboroso, acompanhado de um cházinho.
Bom apetite!

Rapidinhas de segunda (xxi)

Sábado, como de costume, levantou-se cedo, vestiu-se silenciosamente, bebeu café e até foi dar um passeio com o cão.
Em seguida, foi até à garagem e engatou o barco de pesca no seu Jeep.
De repente, começou a chover torrencialmente.
Havia até neve misturada com a chuva, ventos a mais de 80 km/h.
Ligou o rádio e ouviu que o tempo iria ser de frio e chuva durante todo aquele dia.
Voltou imediatamente para casa.

Silenciosamente, despiu-se e deslizou para baixo dos cobertores.
Afagou as costas da sua mulher e disse-lhe baixinho:
- O tempo lá fora está terrível.
Ela, ainda meio adormecida, respondeu:
- Acreditas que o cabrão do meu homem foi pescar com este tempo ?

Sobremesa Gelada de Chocolate e Frutos Silvestres

Ingredientes:

1 litro de gelado de nata (usei marca Pingo Doce);
150 grs. de frutos silvestres congelados;
300 grs. de chocolate de leite;
100 grs. de chocolate negro;
leite q.b.;
3 ovos;
100 grs. de manteiga;
1 chávena de açúcar em pó.

Preparação:

Bata a manteiga e o açúcar até obter uma mistura cremosa.
Adicione os ovos inteiros, um a um, continuando a bater.
Derreta o chocolate negro no microondas com um pouco de leite, misturando bem até obter um creme homogéneo e acrescente ao creme de manteiga, açúcar e ovos.
Entretanto, retire o gelado e os frutos silvestres para descongelarem ligeiramente.
Depois, esmague os frutos silvestres com a ajuda de um esmagador ou garfo.
Incorpore bem os frutos no gelado e reserve.
Numa forma de aro amovível, espalhe metade do chocolate de leite (150 grs.), previamente picado com a ajuda duma faca, no fundo.

Verta metade do creme de chocolate sobre os pedaços de chocolate de leite e cubra com o gelado de nata e frutos.
Por último, verta o restante creme de chocolate por cima do gelado e salpique com as restantes 150 grs. de chocolate de leite picado.
Leve ao congelador algumas horas para solidificar e retire 15 mins. antes de servir, cortado em fatias.

Nota 1: pessoalmente, penso que ficará ainda melhor se substituir o chocolate de leite por chocolate amargo, pois contrastará melhor com o doce do gelado.

Nota 2: esta receita (adaptada) foi descoberta em http://paracozinhar.blogspot.com/2008/06/sobremesa-gelada.htm

Profissão: professora

Os alunos tinham de escrever um texto sobre uma profissão que conhecessem bem.

A Rita escreveu assim:

«Anda de bata aos quadrados e às cores, e trabalha junto a uma mesa. Usa lápis, caneta e borracha.
As fichas são a sua especialidade. Também faz textos e fichas, ensina os meninos e ajuda a aprender.
Tira fotocópias para os alunos e ensina matemática, estudo do meio e língua portuguesa.
Escreve no quadro e ensina o a, e, i, o, u e o alfabeto todo.

Ajuda as crianças que têm dificuldades e ajuda os meninos e as meninas a ler.
Corrige testes, fichas, textos, contas, perguntas, lê histórias, livros e textos.
Manda trabalhos para casa, mostra coisas no computador e às vezes deixa-nos fazer outras actividades e deixa-nos dançar de vez em quando.
Todos gostam dela e do que ela faz.
É a minha professora e chama-se Margarida!»


Estou a pensar em apresentar este texto como a minha auto-avaliação.
Que acham?

Rapidinha de segunda (xx)

Um tipo que sofria de uma dor de cabeça crónica infernal foi ao médico que, depois dos exames da praxe, lhe disse:
- Meu caro, tenho uma boa e outra má notícia. A boa, é que posso curá-lo dessa dor de cabeça para sempre. A má notícia é que para fazer isso preciso castrá-lo!
Os seus testículos estão pressionando a espinha, e essa pressão provoca uma dor de cabeça infernal.
Para aliviar o sofrimento, preciso removê-los.

O tipo levou um choque, e caiu em depressão. Passou dias meditando.
Indagava se havia alguma coisa pela qual valesse a pena viver.

Não teve outra escolha a não ser submeter-se à vontade do bisturi.

Quando deixou o hospital, pela primeira vez, depois de 20 anos, não sentia dor de cabeça.

Enquanto caminhava pelas ruas notou que era um homem diferente, e que poderia ter um novo começo.
Avistou uma loja de roupas masculinas de classe e...
- É disto que eu preciso - disse para si mesmo.
- Quero um fato novo - pediu ao vendedor.

O vendedor, alfaiate de idade avançada, deu uma olhadela, e falou:
- Vejamos... é um 44 longo.
O tipo riu:
- É isso mesmo, como é que o senhor soube?
- Estou no ramo há mais de 60 anos - respondeu o alfaiate.

Experimentou o fato, que lhe caiu muito bem. Enquanto se admirava no espelho, o alfaiate perguntou:
- Que tal uma camisa nova?

Ele pensou por alguns instantes:
-Claro.
O alfaiate olhou e disse:
- 34 de manga, e 16 de pescoço.

E ele pasmado:
- Mas, é isso mesmo, como pôde adivinhar?
- Estou no ramo há mais de sessenta anos, disse.
Experimentou a camisa e ficou satisfeito.

Enquanto andava pela loja, o alfaiate sugeriu-lhe:
- Que tal uma cueca nova?
- Claro.

O alfaiate olhou seus quadris, e disse:
- Vejamos... Acho que é 36.
O homem soltou uma gargalhada.
- Desta vez, enganou-se. Uso o tamanho 34 desde os 18 anos de idade.

O alfaiate sacudiu a cabeça:
- Você não devia usar 34. O tamanho 34 pressiona-lhe os testículos contra a espinha e essa pressão vai provocar-lhe uma dor de cabeça infernal...

Iogurte Grego com redução de Frutos Silvestres

Ingredientes:


6 embalagens de iogurte grego (125 grs. cada);

1 embalagem de frutos silvestres congelados (450 grs.);

1 vagem de baunilha;

9 c. (de sopa) de açúcar (usei amarelo);

2 paus de canela;

50 grs. de framboesas frescas.


Preparação:


Num tacho junte os frutos congelados, o açúcar, o pau de canela e a vagem de baunilha.

Ferva em lume brando durante cerca de 10 minutos.

Retire do lume e deixe arrefecer para apurar os sabores.

Num copo disponha os frutos intercalados com colheradas de iogurte grego.

A primeira camada deverá ser de frutos e a última também.

Decore com uma ou duas framboesas e sirva à temperatura ambiente ou frio.


Nota 1: como não tinha vagem de baunilha usei açúcar baunilhado (3 c. de açúcar baunilhado + 6 c. de açúcar amarelo). Esta receita rendeu oito copos.


Nota 2: receita retirada do livro Curso de Cozinha de Henrique Sá Pessoa, na minha opinião, o melhor chef português :)

Pág. 1/2

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2009
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2008
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2007
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2006
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2005
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2004
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D