Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Fábulas

Fábulas

Bolo de Cenoura, Laranja e Amêndoa

Ingredientes:

bolo:
5 ovos;
sumo e raspa de 2 laranjas;
200 g de açúcar amarelo;
250 g de cenoura ralada (o equivalente a 3 cenouras);
250 g de amêndoa moída;
2 c. (de chá) de fermento;
65 g de farinha de milho.

cobertura: leite (magro) q.b.
1 tablete de chocolate para culinária.

Preparação:

Pré-aqueça o forno a 180ºC.
Numa taça, bata as gemas com o açúcar, a raspa e o sumo das laranjas, a cenoura ralada, a amêndoa e o fermento.
Acrescente a farinha de milho, misturando bem.
Bata as claras em castelo firme e envolva-as suavemente na massa.
Coloque a mistura numa forma redonda (sem buraco), previamente untada e forrada com papel vegetal, leve ao forno a cozer cerca de 45 minutos.

Deixe o bolo arrefecer antes de desenformar e prepare a cobertura: leve o chocolate a derreter ao lume, juntamente com um pouco de leite; vá mexendo para obter um creme brilhante e consistente (acrescente leite, sem deixar de mexer, até obter a consistência desejada).
Verta o chocolate sobre o bolo, já no prato de servir, alise no topo e deixe escorrer pelos lados.
Se quiser, poderá ainda salpicar com um pouco de raspa de laranja.

Sirva morno ou totalmente frio.

Nota: receita original daqui

Barbaridades

Às vezes vemos na televisão aqueles documentários de tribos perdidas no meio da selva, que têm uns costumes estranhos, a que normalmente chamamos "bárbaros". Ficamos horrorizados quando os vemos na caça, a matar friamente um animal - que nós até achávamos tão fofinho, e ficamos a pensar:
"aquela gente não sabe o que é a civilização, nem sei como podem viver assim, que atrasados..."

E depois...
Depois, ligamos a televisão na RTP1, está a ser transmitido um espetáculo de tortura tourada e constatamos que afinal os bárbaros somos nós!

Rica festa!


Até estou com medo de vir a ter pesadelos esta noite, mas não podia deixar de publicar esta notícia.
No entanto, desta vez a senhora em questão tem alguma razão (coisa que nunca teve enquanto foi ministra).
Só lhe falta dizer para quem foi a festa.
Para o país garanto que não foi.

(digam lá se não é a cara chapada da Bruxa Má da Branca de neve!)

Queques de Chocolate e Laranja

Ingredientes:
(para cerca de 12 unidades)
200 g. de farinha de trigo;
50 g. de chocolate em pó;
120 g. de açúcar amarelo;
2 c. (de chá) de fermento;
2 ovos;
150 ml. de leite magro;
100 ml. de sumo de laranja natural (1 laranja);
raspa da casca de 1 laranja;
100 ml. de óleo de girassol.
Preparação:
Numa taça misture a farinha com o açúcar, o fermento, a raspa da laranja e o chocolate em pó.
Noutra taça, misture os ovos com o leite, o sumo de laranja e o óleo.
Misture então os ingredientes líquidos com os ingredientes secos, envolvendo bem.
Forre um tabuleiro de queques com forminhas de papel frisado e encha-as até 2/3 com o preparado anterior.
Leve ao forno pré-aquecido a 180ºC entre 15 a 20 minutos.
Retire e deixe arrefecer sobre uma grelha.
Nota: mais uma receita daqui

Rapidinha de segunda (li)

Um alentejano foi de visita à China e comprou um par de óculos cheios de tecnologia, que permitiam ver todas as pessoas nuas.
Manuel coloca os óculos e começa a ver todas as mulheres nuas.
Fica encantado com a descoberta chinesa.

- Ponho os óculos, só vejo mulheres nuas! Tiro os óculos, já as vejo vestidas!
Que maravilha! Isto sim é tecnologia!!!
E assim foi o Manuel para o Alentejo, louco para mostrar a novidade à sua Maria.

No avião, maravilha-se ao máximo vendo as hospedeiras e as passageiras todas nuas.
Quando chega a casa, entra já com os óculos postos para abraçar a sua Maria toda nua.

Abre a porta de casa e vê a sua Maria a conversar com o seu vizinho, todos nus sentados no sofá.
Tira os óculos... todos nus! Põe os óculos... todos nus!
Tira os óculos... todos nus! Põe os óculos... todos nus!

Manuel exclama "Já avariaram! Estes produtos chineses são uma merda!"

Folar da Páscoa


Vais precisar de:

• 900g de farinha
• 40g de fermento de padeiro
• 180g de açúcar
• 3 ovos
• 125g de manteiga
• Sumo de uma laranja grande
• 200 ml de leite morno
• 1 colher de café de canela em pó
• 1 colher de café de erva doce
• Sal fino q.b.
• 3 ovos cozidos
• 1 ovo batido
• Geleia para pincelar q.b.
• Farinha para polvilhar q.b.

E faz-se assim:

Num alguidar, desfaça o fermento no leite morno. Junte a farinha, os ovos, uma pitada de sal fino, o açúcar, a manteiga, o sumo de laranja, a erva doce e a canela em pó.
Amasse muito bem durante 10 minutos com as varinhas em espiral.
Cubra o alguidar com um pano e deixe levedar em local quente durante 1 hora e meia.

Depois da massa bem levedada, polvilhe a bancada com bastante farinha.
Deite a massa sobre a bancada, polvilhe com farinha e amasse muito bem até deixar de colar nas mãos. Se necessário, acrescente mais farinha.

Forme uma bola com a massa e retire 1/3. Com a parte maior, forme uma bola achatada. Coloque num tabuleiro untado com manteiga e polvilhado com farinha e achate ligeiramente a massa. Coloque os ovos cozidos no centro e calque bem para ficarem bem presos à massa. Pincele a massa com o ovo batido.

Amasse um pouco a restante massa e faça com ela rolinhos finos.
Coloque um rolinho à volta de cada ovo e cinco rolinhos em cruz sobre o folar.
Pincele novamente com o ovo batido.
Leve ao forno pré-aquecido nos 180º entre 45 a 55 minutos.

Depois da massa cozida, retire do forno e pincele com geleia.

Notas:

Depois de muitas tentativas falhadas para fazer um folar decente, desta vez resolvi seguir tal e qual a receita do site Sabor Intenso. Apenas fiz uma alteraçãp ligeiríssima, que foi não pincelar com geleia (o folar típico da minha zona não deve ficar brilhante)

Paixão assolapada

Primeiro ouviu-se uma grande chilreada e depois um bando de pardais aterrou no meu jardim.
Seguidamente todos  levantaram voo, menos dois deles, que ficaram engalfinhados um no outro.
Comecei por pensar que os dois pardalitos andassem à bulha, e estava a preparar-me para ir lá assustá-los (eu estava do lado de dentro da janela), mas depois percebi que estavam só a namorar.
No meio do meu jardim, na relva, completamente descontraídos, só se foram embora algum tempo depois, quando eu resolvi sair para os fotografar...

Sorte deles, que a Nikita tinha acabado de entrar em casa, vinda precisamente do jardim, senão aquela paixão ia acabar muito mal!

Scones com Pepitas e Nozes

 
Ingredientes:  

(para entre 10 a 12 unidades)
200 g de farinha de trigo;
40 g de açúcar branco;
1 c. (de chá) de fermento em pó;
100 g de pepitas de chocolate;
50 g de nozes partidas;
1 ovo;
6 c. (de sopa) de leite;
1 c. (de sopa) de óleo de girassol. 

Preparação:

Junte os ingredientes secos numa tigela.
Acrescente o ovo batido, o leite e o óleo, amassando bem.
Tenda bolinhas e coloque-as num tabuleiro untado ou forrado com papel vegetal.
Leve a forno pré-aquecido (180ºC) entre 10 a 15 minutos.
Sirva quentes ou mornos. 

Nota: receita trazida daqui (a mistura para scones foi uma das ofertas nos meus cabazes de natal :) )

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2009
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2008
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2007
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2006
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2005
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2004
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D