Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Fábulas

Fábulas

Bolo brigadeiro e ninho de Páscoa





Como a maior parte dos ninhos de Páscoa que vi por aí eram feitos com base em diversos bolos de chocolate, resolvi fazê-lo com o bolo preferido da mais nova da família: bolo brigadeiro.
Ficou muito bom este ninho! 

Ingredientes do bolo:

5 ovos
250 g de açúcar (usei açúcar moreno Sores)
200 g de chocolate (uma tablete)
200 g de farinha
100 g de margarina (usei Becel cozinha)
2 dl de leite (uma xícara)

Ingredientes do recheio:

2 latas de leite condensado
125 g de chocolate em pó
2 colheres de sopa de manteiga
2 latas (de leite condensado) de leite
pepitas de chocolate qb

 Preparação do bolo:

Mistura-se o açúcar com as gemas.
Acrescenta-se depois o chocolate, derretido com a manteiga.
A seguir, junta-se alternadamente o leite e a farinha peneirada.
Junta-se uma pitada de sal às claras e batem-se em castelo.
Envolvem-se as claras na massa do bolo.
Deita-se numa forma, sem buraco, untada com manteiga e polvilhada com farinha.

 Preparação do recheio:

Num tacho junta-se o leite condensado com o chocolate em pó e mistura-se bem.
Junta-se depois o leite e por fim a manteiga.
Vai a lume brando mexendo sempre, até fazer ponto de estrada (esta é a parte chata deste bolo, mas este recheio/cobertura é muito melhor do que o leite condensado simples. Demora um bocadinho, mas compensa bem).

Apaga-se o lume e deixa-se arrefecer.
Depois de tudo frio, corta-se o bolo ao meio e recheia-se com metade deste creme.
unta-se a outra metade do bolo e barra-se bem, por cima e pelos lados.
Polvilha-se com as pepitas.

Notas:

Para fazer o ninho, desenhei um círculo no topo do bolo e tirei-lhe aquele bocado (só da metade superior). Recheei com o creme, cobri com fios de ovos e decorei com amêndoas.

Aletria simples e aniversário

A aletria tem, como o bacalhau, milhentas maneiras de se fazer.
Esta receita é boa de fazer, quase nem é preciso utilizar a balança.
É também rápida e muito deliciosa.

Agora, dêem-nos os parabéns, que fazemos 5 anos!

Ingredientes:

1 litro de leite
casca de 1 limão
1 pau de canela
1 colher de sopa de manteiga (ou margarina)
100 g de aletria
4 colheres de sopa de açúcar
4 gemas

Preparação: 

Leva-se ao lume o leite com a manteiga, o pau de canela e a casca do limão.
Quando o leite ferver junta-se a aletria.
Deixa-se cozer cerca de 2 minutos.
Ao fim desse tempo, junta-se o açúcar e deixa-se ferver outros 2 minutos.
Desliga-se o lume, deixa-se arrefecer um pouco e junta-se a este preparado as gemas diluídas num pouco de leite frio.
Mexe-se bem e vai novamente ao lume, só até levantar fervura.
E já está!


Agora é só pôr em pratos, ou taças, ou numa travessa e polvilhar com canela em pó.

O regresso de Sócrates

não me incomoda mesmo nada.
Não assinei a petição, não vou desligar a televisão, nem sequer vou mudar de canal...

Ele não é o responsável pelo estado em que estamos. Ele é apenas um dos responsáveis, e talvez nem sequer seja o maior.
Mentiu? Ok mentiu. Mas se formos a fazer um concurso de mentiras entre Sócrates e Passos Coelho, quem pensam que ganhará?

Jamais voltarei a votar nele e jamais lhe perdoarei a megera que ele arranjou para ministra da educação, o que não quer dizer que tenha discordado de todas as suas políticas.

E até estou curiosa para ouvir o que ele tem para dizer.

(enquanto o povinho anda entretido a assinar petições por causa do seu "regresso", há um ex-espião a voltar ao ativo, com direito a retroativos e tudo...)

Rapidinha de segunda

Da fama não se livram

Um judeu, de sangue raríssimo, doou meio litro de sangue a um milionárioárabe muito doente.
Para retribuir o gesto, o milionário deu-lhe um BMW, novinho.
Algum tempo depois, o milionário precisou de mais sangue.
Avisou o judeu, que rapidamente foi ao hospital.Seria preciso mais 1 litro.

O judeu disse:
- Se quiser, tire logo 2 litros.
Assim foi feito.
No dia seguinte o judeu recebe do milionário uma caixa de bombons.
Ficou indignado e foi pedir explicações:
"Ora, da primeira vez, doei meio litro e deu-me um BMW.
Na segunda vez, doei 2 litros e só recebi bombons. Porquê?"

O milionário explicou:
- O senhor já se esqueceu de que agora tenho sanguejudeu?

Creme de Leite com Chocolate e Redução de Morangos

FELIZ ANIVERSÁRIO AO BLOG BRUXINHA DO LAR :)
 
Ingredientes:
(para 5 doses)

400ml de leite magro;
100g. de açúcar amarelo;
3 c. (de sopa) de maizena (amido de milho);
casca de 1/2 limão;
150g. de chocolate para culinária;
4 morangos grandes;
açúcar mascavado claro q.b.;
vinho do porto tinto q.b.;
granulado de chocolate q.b. (facultativo).
 
Preparação:

Dissolver a maizena em metade (200ml) do leite.
Levar o restante leite ao lume, juntamente com o açúcar e a casca de limão até levantar fervura.
Juntar depois, aos poucos, o leite quente à mistura de maizena e levar tudo, de novo, ao lume até engrossar.
Dispor o creme em tacinhas individuais e reservar.
Levar o chocolate, partido em pedaços, a derreter ao microondas, de 30 em 30 segundos e ir mexendo entre cada aquecimento até que esteja derretido.
Colocar uma colher de sobremesa de chocolate derretido sobre o creme de leite em cada tacinha e reservar.
Arranjar os morangos e cortá-los em pedaços médios para um tachinho; polvilhar com açúcar mascavado a gosto e regar com um pouco de vinho do porto.
Levar ao lume, mexendo de vez em quando, até os morangos ficarem quase reduzidos a compota e colocar uma colher desta mistura em cada tacinha do doce de leite com o chocolate derretido.
Se desejar, polvilhar um pouco de granulado de chocolate em cada dose.
Deixar arrefecer à temperatura ambiente não mais do que duas horas antes de servir (desde que terminei a receita até ao momento de servir decorreram cerca de 3 horas e o chocolate já tinha endurecido um pouco, por isso, o ideal será preparar a receita entre 1 a 2 horas antes de consumir).

Nota: para a receita de creme de leite simples espreitar aqui.
 
EM NOME DE TODAS AS COZINHEIRAS,
OBRIGADA POR ESTAREM DESSE LADO E CONTRIBUIREM PARA A VIDA E SUCESSO DESTA DOCE AVENTURA AO LONGO DESTES CINCO ANOS!
BEM-HAJA A TODOS!

Apelo

aos-inventores-de-coisas-variadas, que inventem um medicamento desparasitante para gatos de que eles gostem!
Uma coisa assim a saber a peixe, ou a carne, ou a rato, ou a passarinho :(

Tentei embrulhar o comprimido em fiambre e gastei o fiambre todo, sem sucesso...
Depois resolvi atirar-lho pela goela abaixo, mas a terrorista da minha gata conseguiu sempre cuspi-lo.
Horas mais tarde, enfiei-o dentro daqueles pedacinhos de bla-bla-bla whiskas saquetas (e que ela adora porque só raramente come), mas conseguiu sempre detetar a miniatura do comprimido e deixá-lo num cantinho do prato.

Em desespero de causa resolvi juntá-lo à comida, bem moído, mas aí é que ela nem se chegou perto!
Resultado: quem ficou desparasitado foi um gatinho amarelo, vadio, que vem aqui todos os dias à procura de comida. Esse não se chateou com o sabor estranho.

'Jotas'

Ingredientes:
(para cerca de 80 unidades, mas claro que depende do tamanho/formato de biscoito)

1 ovo;
125g de açúcar amarelo;
125g de margarina light;
250g de farinha de trigo;
1/2 c. (de chá) de fermento em pó;
raspa de 1/2 limão (de tamanho médio).

Preparação:

Forrar um tabuleiro com uma folha de papel vegetal e reservar.
Bater o ovo com o açúcar até obter um creme.
Acrescentar a margarina amolecida, continuando a bater até conseguir uma massa homogénea.
Adicionar, aos poucos, a farinha juntamente com o fermento, misturando bem; antes da última adição de farinha, juntar a raspa de limão à massa e mexer bem.
Colocar a massa numa seringa (ou saco de pasteleiro) com o bico frisado e formar 'jotas' sobre a folha de papel vegetal reservada até esgotar toda a massa.
Levar ao forno pré-aquecido a 180ºC durante 10-12 minutos até ficarem ligeiramente dourados.
Retirar, deixar arrefecer sobre uma grelha e guardar numa caixa hermética ou lata de biscoitos.

Nota: a receita original chama-se 'Esses' (podem ver aqui), mas como fiz estes biscoitos para oferecer ao meu avô no Dia do Pai, decidi fazer a letra inicial do seu nome e rebaptizei-os :)

Rapidinha de segunda

O paciente está na capital para um exame periódico de saúde.
- Bebe?
- Dois ou três copos de vinho às refeições, um whiskyzinho à noite...
- Fuma?
Dois charutos por dia.
- E sexo?
- Duas ou três vezes por mês.
- Sóóó? Com a sua idade e a sua saúde, era para ser duas ou três vezes por semana.
- Sabe como é, doutor? Se eu fosse bispo na capital até que dava, mas numa aldeia, numa diocese pequena...

Pág. 1/2

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2009
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2008
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2007
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2006
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2005
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2004
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D