Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Fábulas

Fábulas

Queques de Morango e Chocolate Negro


Ingredientes:
(para 12 unidades)


230ml de leite magro;
115g de margarina light;
1 ovo (ligeiramente batido);
70g de açúcar amarelo;
300g de farinha de trigo (com fermento);
1 c. (de sopa) de fermento em pó;
1 c. (de chá) de sal fino;
200g de morangos frescos (lavados, secos e sem pé);
80g de pepitas de chocolate negro.

Preparação:


Forrar um tabuleiro de queques com forminhas de papel frisado e reservar.
Numa taça grande, misturar o leite, a margarina derretida e o ovo; adicionar o açúcar e mexer bem.
Noutra taça, colocar a farinha, o fermento e o sal.
Adicionar os ingredientes líquidos à mistura seca e mexer apenas até estar tudo incorporado.
Introduzir, cuidadosamente, os morangos (cortados em pequenos pedaços) e as pepitas de chocolate, sem esmagar.
Com uma colher de gelado, encher as forminhas de queque com a massa.
Levar ao forno pré-aquecido a 180ºC durante 15 a 20 minutos.
Retirar do forno, deixar arrefecer um pouco antes de desenformar e servi-los mornos ou depois de totalmente arrefecidos.


Nota: receita adaptada do livro 'Os Bolos da Julie'.

Uma fotografia por domingo (301)

feira das velharias
 
No último domingo de cada mês realiza-se em Aveiro a Feira de Velharias.
Não se trata de meia dúzia de tendas, nada disso: é uma feira enorme que vai das Pontes à Praça do Peixe, ocupando todas as ruazinhas da zona.
Lá podem encontrar imensas coisas: desde verdadeiros cacarecos antigos (como as da foto), a joias, louças, livros, moedas, mobiliário, roupas... enfim, é um mundo.

Vale bem uma visita, principalmente numa linda tarde de domingo como foi a de hoje.
?

Bolo de chocolate da Donna


Ingredientes:

125 gramas de manteiga derretida
375 gramas de chocolate de culinária
1 chávena de açucar mascavado escuro
¼ de chávena de farinha peneirada
1 chávena de farinha de amêndoa (amêndoa bem moída)
2 colheres de sopa de leite
5 ovos
cacau em pó qb

Preparação:

Derreter a manteiga com o chocolate, no micro-ondas ou em banho-maria.
Juntar o açúcar, a farinha peneirada e a farinha de amêndoa. Mexer bem.
Acrescentar depois o leite e os ovos, batendo entre cada adição. Misturar bem.
Forrar com papel vegetal o fundo e os lados de uma forma redonda, de fundo amovível (barrar a forma com manteiga para o papel aderir).

Colocar a mistura lá dentro e tapar a forma com papel de alumínio.
Levar ao forno a 170º durante 40 minutos.
Depois de desenformar, levar ao frigorífico por 2 horas.
Polvilhar abundantemente todo o bolo com cacau em pó.

Biscoitos de Limão da Clara


Ingredientes:
(para cerca de 20 unidades)

100 g de açúcar amarelo;
2 ovos;
raspa de 1 limão;
250 g de farinha de trigo (sem fermento).

Preparação:

Forrar um tabuleiro de forno com papel vegetal e reservar.
Bater muito bem os ovos com o açúcar e a raspa de limão até ficar cremoso e aumentar de volume.
Juntar a farinha, a pouco e pouco, envolvendo de cima para baixo com a colher de pau.
Com a ajuda duma colher de sobremesa, pôr montinhos de massa sobre o tabuleiro e levar ao forno pré-aquecido a 180ºC durante cerca de 10 minutos ou até ficarem ligeiramente dourados.
Retirar do forno, deixá-los arrefecer sobre uma grelha e guardá-los numa caixa hermética para não amolecerem.

Nota: receita adaptada do livro da Clara de Sousa 'A minha cozinha'

Uma fotografia por domingo (300)

Ponte da Mizarela
Reza a lenda que esta ponte ficou a dever-se a um pacto com o diabo...

Não sei se foi ou não, só sei que vale mesmo muito a pena visitar esta ponte e a zona envolvente (é preciso ir a pé uns 700 metros. Se na ida são só facilidades, é sempre a descer, na vinda, ai...ai, as minhas perninhas)!
Mas é uma zona lindíssima, vale bem o esforço.
Esta ponte - sobre o rio Rabagão - situa-se na freguesia de Ferral, concelho de Montalegre, e é LINDA!

Pão de ló da Sónia

Este pão-de-ló é fácil de fazer e fica muito bom.
Como estamos na Páscoa, cobri-o com fios de ovos e transformei-o num ninho de Páscoa.

pão de ló

Ingredientes:

12 ovos
12 colheres de sopa de açúcar
6 colheres de sopa de farinha
1 colher de chá de fermento

Preparação:

Bater as gemas com o açúcar até ficarem amarelo claro e muito volumosas (bater por uns 10 minutos).
Bater as claras em castelo.
Envolver depois alternadamente as claras batidas em castelo com a farinha.
Forrar com papel vegetal uma forma grande, com buraco.
Vai ao forno a 180º durante 35 a 40 minutos.

Mousse Gelada com Bolacha e Natas (revisited)


Ingredientes:

200 g de bolacha torrada;
3 embalagens de natas (3 x 200ml);
2 pacotes de mousse de chocolate instantânea;
3 c. (de sopa) de açúcar (2 + 1);
1 cháv. de café solúvel previamente dissolvido em água fervente.

Preparação:

Bater as natas até ficarem firmes e juntar duas colheres de açúcar, misturando bem.
Seguir as instruções da embalagem e preparar a mousse de chocolate.
Ferver um pouco de água para fazer o café, adoçar com uma colher de açúcar, dissolvendo bem e deixar arrefecer um pouco.
Demolhar as bolachas, uma a uma, e dispor no fundo duma taça que vá ao congelador.
Cobrir a camada de bolacha com as natas e por cima, uma camada de mousse e assim sucessivamente até terminar com os ingredientes (a última camada deverá ser de mousse).
Levar ao frigorífico para refrigerar e duas a três horas antes de servir, colocar no congelador.

Nota 1: como podem ver pela foto, as natas não ficaram firmes... acho que tenho mesmo que usar doutra marca (usei da Mimosa, para bater), porque já me tem acontecido em receitas anteriores as natas ficarem pouco consistentes e na altura de servir, estão líquidas! E coloco a embalagem no congelador bastante tempo antes de as utilizar, a taça onde as bato está fria, mas ultimamente ficam sempre sem consistência nenhuma! Já não fazia esta sobremesa há mais duma década! Este era um doce que eu costumava fazer com frequência nos meus anos de adolescência - saborosa e simples, como se quer :) Espero que gostem e aproveitem a sugestão para a mesa de Páscoa, por exemplo :)

Nota 2: entretanto, nas minhas experiências com marcas de natas, tenho usado a Mimosa com menos 30% de gordura (embalagem azul escura e alta/rectangular) e fiquei fã :)

Nota 3: podem ver a primeira vez que publiquei esta receita aqui (há tanto tempooooo).

Tarte de Chocolate com Calda de Frutos Vermelhos



A sobremesa escolhida para festejar o último aniversário da minha linda mana :)

Ingredientes:

tarte:
400g de chocolate negro (usei de culinária);
100g de chocolate de leite;
200g de manteiga sem sal;
6 ovos (à temperatura ambiente);
30g de açúcar amarelo;
1 c. (de sopa) de café (usei descafeinado);
1 pitada de sal.

calda:

350g de framboesas congeladas (retirar algumas para a decoração final);
350g de mistura de frutos vermelhos congelados;
sumo de meio limão (pequeno);
3 c. (de sopa) de açúcar baunilhado.

Preparação:

Pré-aquecer o forno a 210ºC.
Untar uma forma de aro (com cerca de 24 cm de diâmetro e no mínimo 6cm de altura), forrar a base com papel vegetal untado e envolver toda a forma em duas folhas de alumínio e reservar.
Colocar água quente no fundo de um tabuleiro de forno grande (para cozer a tarte em banho-maria).
Derreter o chocolate com a manteiga em banho-maria, mexendo ocasionalmente (poderá aproveitar esta água para o banho-maria do forno).
Retirar do lume e adicionar o café e o sal, misturando bem.
Bater os ovos com a batedeira até se formar uma espuma.
Adicionar aos poucos o açúcar e bater até triplicar de volume e se formar picos médios (cerca de 8 a 10 minutos).
Envolver um quarto dos ovos na mistura de chocolate, até estarem incorporados.
Juntar o resto dos ovos em quartos e envolver novamente para ficar tudo bem incorporado.
Deitar a massa na forma e alisar a superfície com uma espátula.
Colocar a forma dentro do tabuleiro de forno, cobrir com uma folha de alumínio untada e levar a cozer por 10 minutos.
Retirar a folha de alumínio e deixar a cozer mais sete minutos.
Retirar a tarte do forno (mesmo parecendo que não está bem cozida) e deixar arrefecer completamente dentro do tabuleiro.
Cobrir com película aderente e levar ao frigorífico, no mínimo, três horas antes de servir.
Para a calda de frutos vermelhos, levá-los num tachinho ao lume e quando começar a ferver, reduzir para lume brando e deixar entre 10 a 15 minutos, mexendo de vez em quando, até formar uma calda espessa.
Desligar o lume e deixar a calda arrefecer.
Antes de servir, adicionar o sumo de limão e o açúcar baunilhado, misturando bem.
Tirar a tarte do frigorífico e passar com uma faca em redor, entre o bolo e a forma e depois retirar o aro, com cuidado, e transpor para um prato de servir.
Decorar com as framboesas reservadas e servir em fatias com a calda de frutos a gosto.



Nota: receita adaptada do livro 'Os Bolos da Julie'.

Pág. 1/2

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2009
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2008
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2007
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2006
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2005
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2004
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D