Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Fábulas

Fábulas

Natas do céu


Ingredientes:

1 pacote de natas frescas
6 ovos
1 pacote de bolacha Maria
2 colheres de sopa de açúcar (para as natas)
2 colheres de sopa de açúcar (para as claras)
1 chávena de chá de açúcar (para as gemas)
1 chávena de chá de leite

Preparação:

Prepara-se primeiro a parte das gemas porque tem de arrefecer:
Batem-se as gemas com o açúcar, junta-se o leite, mexe-se bem e leva-se ao lume até engrossar, sem nunca parar de mexer.
Quando engrossar, retira-se do lume e deixa-se arrefecer.

Moem-se as bolachas e reservam-se.
Batem-se as natas em chantilly com o açúcar e as claras em castelo também com o açúcar (a açúcar só se junta quando as claras estiverem quase em castelo).
Juntam-se as claras com as natas e envolve-se com cuidado.

Na taça onde se vai servir, põe-se primeiro uma camada de bolacha e depois uma camada da mistura branca.
A seguir mais bolacha e um bocadinho da mistura amarela.
Depois novamente bolacha, mistura branca, bolacha e mistura amarela.
A última camada deve ser amarela, polvilhada com bolacha.

Vai ao frio por umas horas, ou de um dia para o outro (às vezes, de um dia para o outro, as claras deslaçam, mas não me costuma acontecer).

Bolo de Limão e Gengibre


(exterior do bolo)

Ingredientes:

1 cháv. de açúcar amarelo;
1 e 1/2 cháv. de farinha de trigo (com fermento);
3/4 cháv. de óleo de girassol;
sumo e raspa de 2 limões;
1 c. (de chá) de gengibre fresco ralado;
6 ovos;
2 c. (de chá) de fermento em pó.

Preparação:

Começar por misturar o açúcar com a farinha.

Juntar depois as gemas, o óleo, o sumo e a raspa de limão, o gengibre e o fermento, misturando tudo muito bem.
Bater as claras em castelo e juntá-las ao preparado, envolvendo bem.
Colocar a mistura numa forma redonda com buraco previamente untada e polvilhada, e levar a cozinhar em forno pré-aquecido a 180ºC durante cerca de 45 minutos.

Retirar, deixar arrefecer um pouco antes de desenformar...



Nota: receita original por aqui.




(interior do bolo)

Serial Killer...

... sou eu!
No ano passado os ovos de bichos-da-seda que tinha na sala de aula, se calhar por causa do calor ambiente (apesar de não ser muito), eclodiram em fevereiro e não havia comida para lhes dar. A amoreira ainda nem rebentos tinha e os bichos já ali, cheios de fome.
A sorte  foi que eles não foram esquisitos e comeram folhas de alface até as folhas de amoreira estarem prontas.

Para evitar correr esse risco este ano, eu resolvi, no verão, trazer os ovinhos para casa e guardá-los em local fresco.
Lembro-me que pensei em várias hipóteses de locais até me decidir por os guardar exatamente ...

Onde?
Pois não sei!
Já corri tudo e não dou com os ovos!
A esta hora já ecloriram e já morreram de fome...
Estou cheia de remorsos.
E os garotos não perdoam...

Crumble de maçã




Ingredientes:

1 kg de maçãs descascadas e cortadas em pedaços
50g de manteiga
50g de açúcar
sumo de 1 limão
2 colheres de chá de canela em pó
175g de manteiga amolecida
300g de farinha de trigo sem fermento
200g de açúcar

Preparação:

Levar ao lume a manteiga (50g) e o açúcar (as 50g).
Mexer e deixar derreter.
Juntar a maçã, o sumo de limão e a canela.
Misturar e deixar saltear em lume forte durante 5 minutos.

Entretanto, numa tigela, colocar a farinha, os 200g de açúcar e os 175g de manteiga.
Amassar até que fique uma massa granulada (o truque é não amassar muito, só misturar com as pontas dos dedos).

Num tabuleiro de ir ao forno, colocar a maçã no fundo e espalhar a massa granulada por cima.

Levar ao forno pré-aquecido nos 210º entre 20 a 30 minutos.
Está pronto quando a massa estiver douradinha por cima e cozida.

Pode servir-se com uma bola de gelado, mas também se come muito bem só assim.
Receita do site "sabor intenso".

Bolo de laranja



Mais um bolinho de laranja, mas estamos no tempo delas...
Para além disso, os bolos de laranja são uma delícia.
Este era tão bom que quase não houve tempo para a fotografia!

Ingredientes: 

1 chávena e meia de açúcar
1 chávena e meia de farinha
1 chávena de óleo
sumo e raspa de 1 laranja
6 ovos
2 colheres de chá de fermento

Preparação: 

Começa-se por misturar bem a farinha com o açúcar.
Quando estiver tudo bem envolvido, acrescentam-se as gemas, mexe-se e acrescenta-se o óleo, o sumo, a raspa da laranja e o fermento.
Bate-se tudo.
Por fim, adicionam-se as claras batidas em castelo, envolvendo sem bater.
Vai ao forno numa forma untada de margarina e polvilhada com farinha, a 180º durante 30 a 35 minutos.

Lua de Limão com Calda


Neste Dia Internacional da Mulher, um bolo que fiz em homenagem a uma amiga muito especial ;) Para além de ter ficado comovida, adorou este bolinho :)

Ingredientes:



4 ovos;

2 limões;

1 iogurte natural (125ml);

100ml de leite magro;

200g de margarina magra amolecida;

180g de açúcar amarelo;

150g de farinha de trigo (com fermento);

150g de farinha de milho;

1 c. (de chá) de fermento em pó;



calda de limão:

sumo de 2 limões (aproximadamente 80ml);

150g de açúcar branco.



Preparação:



Bater a manteiga com o açúcar, a raspa dos dois limões e os ovos inteiros.
Misturar bem até obter uma mistura homogénea.
Acrescentar depois o iogurte e o leite, misturar e finalmente juntar as farinhas e o fermento. Misturar tudo bem até obter uma massa homogénea.

Colocar a massa numa forma tipo bolo inglês (ou outro formato, como neste caso), previamente untada e forrada com papel vegetal, e levar ao forno previamente aquecido a 180ºC durante cerca de 45 minutos ou até o bolo estar cozido.

Entretanto preparar a calda: aproveitar o sumo dos limões que usou previamente, até ter cerca de 80ml.
Numa panela colocar o sumo de limão e o açúcar e levar a lume brando apenas para aquecer o sumo e derreter o açúcar (não deixar ferver!).

Assim que o bolo estiver pronto, e sem desenformar, picá-lo em toda a superfície com um palito e verter cuidadosamente a calda sobre o bolo.
Deixar o bolo absorver toda a calda e arrefecer e só depois desenformar.

Ideal para saborear juntamente com uma chávena de chá.

Nota: receita aqui

Carta de uma mãe

Na sequência de uma troca de mails acerca das dificuldades de uma (boa) aluna para entender as frações, recebi este mail da mãe:

Olá, bom dia,

fico mais descansada! :-) realmente aquilo é muito difícil de explicar. Para nós é obvio, mas para eles é muito complexo. Também não percebo qual é a ideia de ensinar frações a estas idades. A garota é inteligente e olhava para mim como um burro a olhar para um palácio. Até fiquei preocupada! Eu costumo dizer que são "Insónias dos pensadores". Estão na cama, não conseguem dormir e têm estas ideias fantásticas. 
 
A escola está cheia de exageros, exageros na matéria, nos horários... juntam-se as múltiplas atividades extra e os estudos em casa e os miúdos não têm tempo para nada. 

Se não têm tempo para brincar, para descansar, para contemplar, para apanhar seca, como é que vão desenvolver a criatividade, a autonomia, o pensamento crítico e a reflexão? Cada vez se defende mais que são competências essenciais para aprendizagem ao longo da vida mas depois, na prática, não se dá espaço para nada disso. Têm horários de adulto, compromissos diários, não saem à rua nem brincam com os amigos fora da escola... enfim... desculpe o desabafo, mas deixa-me realmente frustrada. 

A M. é uma sortuda :-) vou buscá-la às 16h, para ela lanchar descansada. Faz os trabalhos de casa em 5 minutos e depois brinca com o irmão e faz o que lhe apetece. Quando posso, trago as amiguinhas dela, mas também são tão ocupadas que não têm tempo para vir brincar. Quanto aos estudos, para já, são uma revisão de conceitos na véspera do teste, ehehheh! Fora isso, quando ela tem alguma dificuldade, pede-me ajuda, como nisto das frações. Às vezes estuda por iniciativa dela, por exemplo, se tem ditado, quer treinar antes para não dar erros, mas é ela que põe os objetivos. Acho que não precisa de mais nada. Quero que ela seja criança e aproveite o tempo livre o mais que puder!

Beijinhos e obrigada,
D.

Pág. 1/2

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2009
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2008
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2007
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2006
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2005
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2004
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D