Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Fábulas

Fábulas

Uma fotografia por domingo (347)

 Ribeira da Raia, Mora.
 

Agora que só se fala dos passadiços do Paiva, fui descobrir estes...
Muito mais curto (apenas 1,5 Km de passadiço, mais 1,5 Km de trilho à beira rio e ainda mais 2,5 Km de trilho pelo montado) e sem degraus...
Faz-se bem, embora a última parte (a do montado - sempre a subir) tenha custado um bocadinho: quem me manda caminhar por volta do meio dia, em pleno Alentejo, e ainda com umas vaquinhas simpáticas a olharem para mim?

Pudim gelado de chocolate

Pudim gelado de chocolate

Ingredientes:

gemas - 4
natas - 1 pacote
claras em castelo - 4
açúcar - 2 chávenas
água gelada – 4 colheres de sopa
leite condensado – 1 lata
chocolate em pó - 4 colheres de sopa
leite – a medida da lata de leite condensado

Preparação:

Numa panela, coloque o leite condensado, as gemas e o leite.
Mexa bem a mistura e quando começar a ferver mexa durante mais 1 minuto e depois deixe arrefecer.Com o açúcar faça caramelo e despeje rapidamente na forma de buraco.
De seguida, sobre o caramelo coloque a água e o chocolate em pó, apenas misturados.
Quando o creme estiver frio, misture as natas e as claras batidas.
Mexa bem e despeje também na forma.

Deixe arrefecer no frio até congelar bem, e depois retire.
Para desenformar aqueça um pouco o fundo da forma no bico do fogão com lume brando.
Se ficar muito caramelo agarrado à forma (no meu caso ficou), pode ir aquecendo até ele se derreter e desprender.

Notas: 
Ficou muito melhor do que parece na foto!

Bolachinhas de Café




Ingredientes:
(para cerca de 60 unidades)

2 c. (de sopa) de café solúvel (usei descafeinado);
200g de farinha de trigo (para bolos);
100g de farinha de trigo integral;
uma pitada de sal;
80g de açúcar amarelo;
130g de manteiga fria (magra);
1 gema de ovo;
2 c. de sopa de leite magro.


Preparação:

Forrar com papel vegetal dois tabuleiros de forno e reservar.
Numa taça, misturar o café, as farinhas, o sal e o açúcar, incorporando a manteiga cortada em cubos.
Adicionar a gema de ovo e o leite e amassar até formar uma bola.

Com a ajuda do rolo, estender a massa numa superfície polvilhada com farinha e cortar as bolachas com um cortador.
Dispôr as bolachas nos tabuleiros e levar ao forno a 180ºC (pré-aquecido) cerca de 12 minutos, trocando os tabuleiros a meio.
Deixar arrefecer em cima de uma grelha e guardar numa caixa hermética.


Nota: receita original daqui

Gelado de crème brûlée

Mais um gelado do livro da Rita Nascimento, "A vida secreta dos gelados caseiros".
Maravilhoso, ainda melhor do que o outro que já tinha feito.
Têm de comprar o livro para os poderem fazer todos... Vale a pena!


Gelado de creme brullé

Ingredientes do gelado:

250 ml de leite gordo
200 ml de natas para bater
30 g de leite em pó (1/3 de chávena)
100 g de açúcar (1/2 chávena)
3 gemas grandes
1 colher de chá de extrato de baunilha
2 paus de canela
casca de 1 limão

... do caramelo:

100 g de açúcar

Preparação:

Com uma vara de arames, bata as gemas com o açúcar até formar um creme. Reserve.
Junte ao leite, as natas, o leite em pó, a canela, as cascas de limão e o extrato de baunilha e leve ao lume até esta mistura estar prestes a ferver.
Junte depois este preparado às gemas, devagar, para não as cozer.
Deite tudo de novo no tacho e cozinhe até atingir 80º (faz estrada nas costas da colher).
Coe e arrefeça o mais rapidamente possível (por exemplo, colocar a taça dentro de outra com gelo)
.

Deixar no frio pelo menos 5 horas antes de colocar na sorveteira.Quando estiver pronto, deite no recipiente onde vai congelar fazendo camadas alternadas de gelado e caramelo, misturando para o distribuir uniformemente.

Caramelo: 
Leve o açúcar ao lume, num tacho, até caramelizar. Despeje para uma folha de papel vegetal ou de silicone espalhe à maneira de fazer uma camada fina. Deixe arrefecer e quando estiver duro parta-o em bocadinhos pequenos com a ajuda de uma colher de pau. Reserve.

(Instruções de uso da minha máquina de gelados:Colocar o recipiente da máquina no congelador durante 24 horas embrulhada num saco de congelação ou num saco de plástico normal, devidamente fechado para não criar gelo. Montar rapidamente a máquina com a cuba. Ligar a máquina e deitar lá dentro o preparado, já refrigerado, pela abertura própria).

Retire do congelador 20 minutos antes de servir.

Nota:
Receita do livro “A vida secreta dos gelados caseiros” de Rita Nascimento

Queques de Baunilha / Chocolate

Ingredientes:
(para 12 unidades)

3 ovos;
1/2 cháv. de manteiga (magra) amolecida;
1 cháv. de açúcar branco;
1/2 cháv. de leite (magro);
1 e 1/2 cháv. de farinha com fermento;
1 c. (de chá) de essência de baunilha.

1 c. (de sopa) de chocolate em pó (para a versão 'chocolate')

Preparação:

Forrar um tabuleiro de queques com forminhas de papel frisado.
Numa tigela de tamanho médio, bater ligeiramente os ovos, juntar a manteiga e o açúcar, e depois misturar até ficar leve e fofo.
Adicionar o leite, a farinha peneirada e a baunilha (e o chocolate em pó se estiver a fazer a versão 'chocolate') e bater cerca de dois minutos para misturar bem e até obter uma massa leve e fofa.
Dividir o preparado uniformemente pelas forminhas de papel e levar ao forno (pré-aquecido a 160ºC) entre 15 a 20 minutos, até a massa estar firme.
Deixar arrefecer uns minutos e depois transferir para uma grelha para arrefecerem completamente.
Se desejar, pode consumir os queques assim simples, ou colocar uma cobertura a gosto (natas batidas, compota, ganache de chocolate, glacé, creme de manteiga ou de queijo-creme).

Estes queques são óptimos para festas ou lanches, pois mantêm-se fofos durante bastante tempo!




Nota: receita adaptada do livro 'Queques' da Alêtheia Editores.



Uma fotografia por domingo (346)


Sérgio Godinho, no Festival do Bacalhau.

Em vez da foto da praxe, hoje publico um vídeo.
A qualidade não é muita, mas vale pela intenção e pelos arrepios que provocou.


"Só há liberdade a sério quando houver
A paz, o pão
habitação
saúde, educação
Só há liberdade a sério quando houver
Liberdade de mudar e decidir
quando pertencer ao povo o que o povo produzir"

Bolo de Limão com Mirtilos e Sementes de Papoila






Ingredientes:

bolo:
220g de farinha de trigo (com fermento);
2 c. (de chá) de fermento em pó;
1/2 c. (de chá) de sal fino;
480g de iogurte grego natural (não açúcarado);
150g de açúcar amarelo;
3 ovos grandes;
raspa de 2 limões;
1/2 c. (de chá) de extracto de baunilha;
120ml de óleo vegetal (usei de girassol);
2 c. (de sopa) de sementes de papoila;
150g de mirtilos (usei congelados).

calda:
sumo de 2 limões;
50g de açúcar amarelo.

Preparação:



Untar com margarina e polvilhar com farinha uma forma redonda com buraco e reservar.
Numa taça, misturar o iogurte, o açúcar, os ovos, a raspa de limão e o extracto de baunilha.
Peneirar, incorporando lentamente para a mistura anterior, a farinha, o fermento e o sal.
Com uma espátula de silicone, envolver o óleo vegetal e as sementes de papoila na massa, certificando-se de que ficam bem incorporados; depois, envolver os mirtilos.
Deitar a massa na forma e levar ao forno pré-aquecido a 170ºC durante cerca de 50 minutos (fazer o teste do palito).
Quando o bolo estiver cozido, deixá-lo arrefecer durante 10 minutos dentro da forma.
Entretanto, num tacho, levar o sumo dos limões e as 50g de açúcar a aquecer até este se dissolver e a mistura ficar clara.
Desenformar o bolo e colocá-lo cuidadosamente por cima duma grelha, com um tabuleiro por baixo.
Ainda com o bolo quente, regá-lo com a calda, deixando-a entrar no bolo.
Deixar arrefecer completamente e decorar com açúcar em pó a gosto.



Nota: receita adaptada do livro 'Os Bolos da Julie'.

Dispara, eu já estou morto

"A quem é que importa o Deus a que reza cada um? E o que acontece com aqueles, como eu, que não rezam?"


Acabei de o ler há bocado e só me ocorre uma palavra: brutal.
Já há muito tempo que um livro não mexia tanto comigo. Ainda tenho as personagens todas na cabeça e sei que vai ser difícil livrar-me delas nos próximos dias.
Mas vamos ao livro: o assunto principal é o (eterno?) conflito entre palestinianos e israelitas e a luta por uma terra a que possam chamar sua.
A história começa na Rússia, com a família Zucker (judeus) que são obrigados a fugir da perseguição dos czares, que se refugiam em Paris e mais tarde na Palestina.
A Palestina desse tempo (início do século XX) pertence ao Império Otomano, embora nessa altura haja uma convivência pacífica entre palestinianos árabes e palestinianos judeus.
Quando a família Zucker chega a Jerusalém, vão ser vizinhos (e senhorios) da família Zaid, os árabes.
Os judeus da família Zucker e outros que vão chegando também fugidos da Rússia criam a "Horta da Esperança".
As duas famílias, Zucker e Ziad convivem pacificamente. Os filhos de uns e de outros vão nascendo e vão crescendo juntos como irmãos, mas...

O livro abrange quase todo o século XX, por isso retrata muitos conflitos: 1.ª Guerra Mundial, revolução russa, 2.ª Guerra Mundial, Holocausto (muito retratado neste livro - ou não fossem as personagens principais os judeus - e essas foram as páginas mais difíceis de ler), guerra na Palestina...


Para terminar, tenho uns reparos a fazer: no início do livro ajudava imenso uma árvore genealógica das famílias Zucker e Ziad, porque às tantas torna-se confuso tantos nomes e temos de voltar atrás para ver quem é quem. Um mapa da região também ajudava, assim como um glossário maior porque há muitas palavras pouco conhecidas.
Mas é um livro muito, muito bom, e como se isso não bastasse, ainda acrescenta um final surpreendente. Imperdível!

Estrelas: *****

Título: Dispara, eu já estou morto
Autor: Julia Navarro
Editora: Bertrand




Gelado de caramelo com flor de sal

Mais um gelado, desta vez do livro de recitas de gelados de Rita Nascimento.Vale a pena comprarem o livro, porque não há lá um único gelado que não queiram fazer (a não ser que não gostem mesmo de gelados).

Gelado de caramelo com flor de sal
Ingredientes:

250 ml de leite gordo
200 ml de natas para bater
30 g de leite em pó
100 g de açúcar
3 gemas grandes
1 colher de chá rasa de flor de sal

Preparação: 

Aqueça o leite, as natas e o leite em pó. Reserve.
Num tacho coloque o açúcar e deixe caramelizar.
Assim que o caramelo adquirir uma cor âmbar adicione cuidadosamente a mistura de leites e natas. Mexa continuamente até o caramelo dissolver (é normal que cristalize um pouco, mas acaba por se dissolver).
Junte-o depois, em fio, às gemas.
Deite-o de novo no tacho e cozinhe até atingir 80º (um pouco antes de ferver, quando faz estrada nas costas da colher).
Acrescente o sal e mexa para dissolver.
Arrefeça rapidamente.
Congele*.

* Congelar com sorveteira: 

Colocar o recipiente da máquina no congelador durante 24 horas embrulhada num saco de congelação ou num saco de plástico normal, devidamente fechado para não criar gelo.
Montar rapidamente a máquina com a cuba.
Ligar a máquina e deitar lá dentro o preparado, já refrigerado, pela abertura própria. Deixar trabalhar a sorveteira até o preparado ganhar consistência de gelado (na minha sorveteira foram precisos 20 minutos).
Coloca-se depois o preparado no congelador.
Retirar do congelador 20 minutos antes de servir.

Notas:

Receita do livro “A vida secreta dos gelados caseiros”, de Rita Nascimento

Pág. 1/2

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2009
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2008
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2007
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2006
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2005
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2004
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D