Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Fábulas

Fábulas

...

Acabei agora de ler a proposta do novo Estatuto da Carreira Docente.
Fiquei enjoada.
Não é figura de estilo, estou mesmo enjoada.

Nunca tinha visto tanto disparate junto. Lá muito pequenino, tipo oásis no deserto, uma ou outra ideia aceitável.
De resto, parece um documento que foi feito por alguém que não percebe nada do que se passa no ensino, do que é a realidade da maioria das nossas escolas.
A história dos pais participarem na avaliação dos professores nem é a pior parte, por isso imaginem o resto...
Ou vão ver para crer.
Outro factor que me tira o sossego é a falta de competência e de unidade entre os sindicatos. Há sempre um que cede se lhe fizerem algumas vontades.
Por isso, não me inspiram confiança nenhuma para as lutas que se avizinham...

Os professores do 1.º ciclo que trabalham 25 horas por semana com "blocos" de 5 horas (qual 90 minutos, qual quê!!) continuam sem direito a redução de horário. Se bem percebi, vão ter uma redução aos 60 anos e 25 de serviço (mas quem chega aos 60 anos com menos de 25 de serviço?? São doidos ou quê?)

Outro disparate são as faltas: os professores sempre tiveram direito a faltar 2 dias por mês, faltas essas descontadas nas férias e no subsídio de almoço.
Esta lei vem desde sempre já que a profissão docente era maioritariamente feminina, servia para o caso de "indisposição de senhoras" - creio que era mesmo nestes termos que estava na lei.
Agora continuam a existir mas é preciso pedir autorização com 5 dias de antecedência.
Portanto, vamos ter de ser bruxos para acertar exactamente no 5.º dia antes de termos uma indisposição!!

Mas o que me tirou do sério foi passar a haver dois tipos de professores: os "titulares" e os outros...
E ainda há mais: os professores que estejam já no 9.º ou no 10.º escalão quando a lei entrar em vigor, ficam logo na categoria de "professor titular".
Estou para ver o que vão fazer comigo e com tantos como eu que não passo agora em Julho para o 9.º escalão porque tenho a carreira "congelada"
Será por incompetência?

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2009
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2008
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2007
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2006
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2005
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2004
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub