Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Fábulas

Fábulas

A praia de outros tempos

Depois de quinze minutos deitada de barriga para baixo e outros tantos de barriga para cima (mais minuto menos minuto), viro-me para o meu marido e pergunto:
"O que é que estamos aqui a fazer?"
Ele riu-se, mas não me soube responder...
Daí até decidirmos vir embora da praia foram só mais 2 ou 3 minutos...

Enquanto estava deitadinha na toalha, relembrava a minha praia de antigamente.
Começava de manhã bem cedo e só terminava por volta das 11 da noite, hora a que acabava a música na marginal da Costa Nova, e que era o "toque de recolher".
A casa era alugada para todo o mês de Julho e ficava apalavrada de uns anos para os outros.
Normalmente era minúscula e obrigava a que se levasse quase tudo de casa (até o fogão!!), mas essa mini mudança também fazia parte da aventura.

Depois era o grupo de amigos que se encontrava todos os anos.
Havia uma meia dúzia que formavam o "núcleo duro" e os que se iam juntando.
Às vezes chegávamos a ser 20!
Jogávamos à bola, ao mata, às prendinhas, à cabra-cega, ao lencinho, ao gato e ao rato, ao verdade e consequência...
Divertíamo-nos imenso e não chateávamos ninguém a não ser o cabo-do-mar que recebia imensas queixas dos velhos resmungões por causa de alguma bola ou de um ringue com a trajectória mal calculada...
Ou então o dono do café quando lhe enchíamos completamente a esplanada e pediamos 3 ou 4 finos para todos!

Bons velhos tempos!

18 comentários

Comentar post

Pág. 2/2

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2009
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2008
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2007
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2006
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2005
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2004
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub