Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Fábulas

Fábulas

Natal SMS

Ao contrário de uma grande parte da população portuguesa, não sou nada fã de mensagens SMS. Se quero falar com alguém telefono (do fixo, para ficar à conversa, que o telemóvel para mim é um acessório que a maior parte das vezes nem sei onde pára - estou a lembrar-me agora que o meu nesta altura deve estar abandonado no porta luvas do carro desde a noite de Consoada!)

Se não sou adepta de mensagens nos dias "normais", na noite de Natal então... abomino!
Mas todos os anos é a mesma "invasão" de SMS´s na noite de Natal... e uma pessoa fica com remorsos se, pelo menos não agradecer!
Logo numa altura em que estamos ocupadíssimas às voltas com o fogão ou então já a comer! Se toda a gente fosse tão naba como eu para escrever no telemóvel, não havia tantas mensagens..
Vai daí, este ano resolvi fazer greve: não mandei mensagens SMS a ninguém! Nem sequer agradeci as que fui recebendo desde a véspera.
E, como a minha constipação me deixou completamente sem pio, nem sequer telefonei a agradecer...
A esta hora devo estar na "lista negra" de muito boa gente!

Do que eu gosto mesmo é daquelas Boas Festas em papel, com anjinhos, sininhos e coisinhas douradas, que abrem e nós escrevemos lá dentro, lembram-se?
Era giro escolher os postais de acordo com os gostos de cada um - muitos anjinhos e presépios para os mais católicos, uns mais malandrecos para os amigos, e aqueles nem sim nem não de cerimónia "só para retribuir".
Depois era uma tardada para os escrever!
Como recompensa também recebia imensos e enfileirava-os na lareira ou debaixo da árvore para estarem iluminadinhos e com eles as pessoas que os enviaram.
Este ano não recebi nenhum!
Debaixo da árvore está apenas um que o meu marido recebeu dum amigo (obrigada "Mike"!!)
Os postais recebidos por email são giros, divertidos, até se mexem e tudo, mas têm esse senão: não podemos levá-los para a lareira ou para a árvore!

Um dia destes vou criar um "movimento para a restauração dos postais de Boas Festas".
Quem alinha?

(Já tinha este post escrito desde ontem - embora não publicado - quando em visita ao Pópulo descobri que a M.L. escreveu sobre o mesmo assunto... Já somos duas para o tal movimento!)

Quem não tem saudades?

8 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2009
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2008
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2007
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2006
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2005
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2004
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D