Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Fábulas

Fábulas

Quando os alunos fazem greve!

Às vezes ouço pessoas dizerem que as crianças não sabem bem o que querem, ou que não entendem a autoridade, ou que não gostam que sobre elas se exerça autoridade, etc...

Eu sempre achei que as crianças sabem bem o que querem, que não são "cruéis" mas sim honestas nos seus julgamentos, que respeitam quem sobre eles exerce autoridade (com justiça, é claro).

Nunca até agora tinha tido uma resposta tão objectiva a estas questões, como tive este mês:

A professora que lhes vem dar as aulas de Música nos prolongamentos nunca conseguiu dominar a turma, nem pouco mais ou menos.
Os alunos fazem dela gato sapato, cá de fora ouve-se uma enorme barulheira na "sala de aula": vozes, berros, corridas (!!!), barulho de objectos a cair...
Ouve-se de tudo... menos música!

Ao princípio intervinha na aula só para os mandar calar.
Depois deixei de o fazer porque me parecia que a professora não gostava e, verdade seja dita, eu detestaria que mo fizessem.
Vai daí, deixei de o fazer.

Nos dias seguintes às aulas, tenho de ouvir o rosário de queixas dos alunos: o não sei quantos bateu no não sei quê, o outro destruiu a borracha da outra, a uma porque doía a cabeça com tanto barulho...

Além disso há material que desaparece porque foi atirado de uns para os outros, a caixa do papel de rascunho quase vazia porque as folhas que lá estavam foram transformadas em bolas e arremessadas...
... enfim!

Um dia destes o J. não tinha acabado um trabalho e eu pedi à professora se o deixava ficar na cantina comigo para o acabar.
Na aula seguinte houve uns poucos que pediram se podiam ficar "de castigo".

Primeiro foram os alunos sossegados que se queixavam que não valia a pena estar na aula, uma vez que dela nada aproveitavam.
Mas, logo depois, até os mal comportados começaram a desistir.

"e porquê?"
"porque não se pode estar na aula com tanto barulho!"
"mas não são vocês que fazem o barulho?"
(...)

Contaram-me que na segunda-feira havia 4 alunos da sala.
Hoje, não sei quantos terão ido...

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2009
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2008
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2007
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2006
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2005
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2004
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D