Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Fábulas

Fábulas

Rapidinha de sábado

O presidente do Futebol Clube do Porto, Pinto da Costa, foi visitar uma turma da 4.ª classe.
À sua chegada, durante uma discussão acerca das palavras e dos seus significados, a professora perguntou ao Pinto da Costa se ele não queria participar no debate sobre o significado da palavra"TRAGÉDIA".

Então, o grande poliglota pediu aos meninos que lhe dessem um exemplo de uma tragédia.
Houve um menino que levantou a mão e disse:
- Se um amigo meu fosse atravessar a rua e um carro o atropelasse, isso era uma tragédia.
- Não! (disse o presidente) Isso seria um acidente!
Então, um menino levantou-se e disse:
- Se um autocarro da escola cair num precipício e morrer toda a gente, isso é uma tragédia, não é?
- Lamento, mas não! (disse Pinto da Costa). A isso devemos chamar uma grande perda.

Fez-se um grande silêncio na sala de aula.
Mais nenhum aluno sabia dar um exemplo de tragédia.
O Pinto da Costa provocou-os, dizendo:
- Então... não há ninguém nesta sala que me consiga dar um exemplo de tragédia?
Finalmente, um puto do fundo da sala levanta o braço e diz:
- Se o Futebol Clube do Porto fosse de avião jogar no estrangeiro, transportando o presidente e toda a equipa, e fosse destruído por um míssil, desfazendo-o em bocadinhos, isso seria uma tragédia.

- Fantástico! (disse o presidente) Está certíssimo! Podes então dizer aos teus colegas porque era isso uma tragédia ?
- Sim! (respondeu o puto) Em primeiro lugar, porque não era nenhum acidente. E em segundo lugar, porque também não era uma grande perda!!!...

4 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2009
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2008
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2007
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2006
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2005
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2004
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D