Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Fábulas

Fábulas

Só falta cair-nos o tecto em cima!

(Ah, parece que já nem isso falta)

Eu não entendo como é possível haver obras tão mal feitas que caem em cima da cabeça das pessoas ao fim de um ano de construção!
Não entendo como não há, nas autarquias, ninguém que fiscalize as obras públicas para não deixar que aconteçam estas coisas!
Será que os fiscais andam todos ocupados com as casas particulares?

Na minha terra há um "centro cultural" que tem uma dúzia de anos, mas que começou a dar problemas desde o início.
É um local feio - foi pintado de cor-de-rosa mas rapidamente passou a preto de humidade -, com uma envolvência mais feia ainda, porque nada está arranjado.
Esse "centro cultural" até para as aulas de educação física deixou de servir porque o ar era irrespirável por causa da humidade!
É lá que funcionam as mesas de voto quando há eleições, mas se estiver a chover têm de andar a mudar os tarecos de sítio para não lhes chover em cima!!

Eu só gostava de saber quem pagou esta obra sem verificar se estava em condições, para perguntar a essa pessoa se teria agido do mesmo modo se fosse a sua casa paga com o seu dinheiro!

Porque eu acredito que no dia em que quem faz as obras mal feitas seja obrigado a refazê-las, pagando do seu bolso, isto deixará de acontecer.
Alguém duvida?

7 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2009
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2008
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2007
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2006
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2005
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2004
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub