Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Fábulas

Fábulas

Se eu tivesse uma varinha de condão...


... foi o desafio que hoje lhes propus.

«Se eu tivesse uma varinha de condão
Não era difícil
As crianças terem pão!

Se eu tivesse uma varinha de condão
O mundo estava melhor
Como uma canção!

Se eu tivesse uma varinha de condão
Queria ser cientista
Para não ter nenhuma aflição!

Se eu tivesse uma varinha de condão
Queria um jacuzi para não
Tomar banho no chão!

Se eu tivesse uma varinha de condão
Queria ser muito leve
Para voar como um balão!»

Rita

Obrigada!!

08:59
Mal tinha acabado de sair do carro e já uma dúzia de caras sorridentes me rodeava, entusiasmados e a gritar "já temos 13 comentários!!"
De 5 em 5 minutos iam espreitar o blogue para verem os comentários a crescer...

Por isso quero agradecer a todos os que responderam ao meu (nosso) apelo e foram até lá dar uma força.
Eles ficaram realmente felizes por terem tantos fãs e às tantas já perguntavam "somos famosos, não somos?"

E pronto!
O Blog dos Golfinhos completou 2 anos.
Uma duração extraordinária para um blogue feito por crianças, com poucas condições (só um computador na sala, o que implica muitos dias para que todos possam escrever).
Tudo o que sabem aprenderam na escola pois no início nenhum tinha computador em casa. Agora há 2 que têm...

O entusiasmo e o interesse deles deve-se a um certo "contágio" meu, mas principalmente porque eles sabem que são lidos por outras pessoas.
Sabem que aquilo que escrevem interessa a outros.
Este sentimento incentivou à escrita até aqueles que ao princípio tinham mais dificuldades em se expressar.
A frase que eu uso quando os mando escrever sobre um assunto "escreve como se estivesses a contar a alguém" tornou-se realidade...
Há realmente "alguém" a quem contar e isso tem-nos incentivado bastante a escrever.

Por isso, mais uma vez, obrigada a todos que ajudaram nesta tarefa!



Uma imagem da festa...

Línguas iguais ou diferentes?

Às vezes escrevemos ou dizemos coisas que achamos tão básicas e tão banais que nem nos passa pela cabeça que alguém possa não perceber o que queremos dizer...
Eu devia estar mais atenta a isso porque me acontece às vezes usar expressões que as crianças não conhecem.
Aconteceu ainda há pouco tempo eu ter-lhes dito que os árabes trouxeram, entre muitas outras coisas, a arroba.
Quando fizeram o desenho que ilustraria o texto, alguns desenharam laranjeiras, noras, damasqueiros, algarismos e... o símbolo @!!

Vem isto a propósito do Santos Passos, um dos "contemplados" com o meu TPC...
Ele é brasileiro (com alma portuguesa), e teve de ir pesquisar ao Google o que queria dizer "TPC"!
Hilariante é também a maneira como ele relata o acontecido.
Não conhecem o "Meu Bazar de Ideias"?
Então vão até lá, e vão ver que a viagem vale bem a pena!!
É "só" uma das pessoas mais culta e que melhor escreve que eu conheço!

Um Natal diferente

«No dia 24 passei o Natal em casa.
Recebi roupa, um MP3 e dois chocolates.
No dia 23 veio o meu primo da prisão.
No dia 25 fui passar o Natal na casa do meu tio.
Na festa as mulheres e os homens dançaram.
Eu e as minhas duas irmãs, as minhas duas tias, e os meus dois tios fomos mais cedo para casa, porque os meus dois primos pequenos tinham frio.
A minha mãe e o meu pai ficaram na festa.
A festa só acabou à noite.
Meus dois primos e minhas duas primas estavam comprometidos.
Na festa de Natal os seus pais decidiram casá-los no mês de Junho.
A festa foi divertida.

No dia 31 à meia-noite fizeram lume lá fora.
Todos ficaram ao redor do lume.
À noite ouviam-se os foguetes.
Quando eu me fui deitar havia foguetes às cores mas eu não os vi, porque já estava deitada.»

Helena, 13 anos

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2009
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2008
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2007
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2006
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2005
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2004
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D