Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Fábulas

Fábulas

(Tele)Novela

Desde os primórdios da "Gabriela" que vejo sempre uma novela.Faz parte do meu ritual diário, é o meu momento de relax...
Dantes era fácil: só havia uma! Depois passou a haver duas e as coisas complicaram-se um pouco. Actualmente é o caos em quantidade de novelas!
Mas eu confio no meu faro (e nos autores de quem gosto) e escolho sempre bem! Agora ando a ver "Senhora do Destino", na SIC. É a história duma mulher abandonada pelo marido que vem dos confins do Brasil, muito nova e com cinco filhos a tiracolo, procurar uma vida melhor. Instala-se numa zona deserta do Rio de Janeiro, que, com a sua ajuda, progride e se vai transformar num grande bairro. Ela fica rica (como convém...).
O filho mais velho, o Reginaldo, aproveitando-se do bom nome da mãe na "vila" que ela ajudou a formar, quer transformá-la num município para poder deixar de ser um mero vereador e passar a Prefeito. Claro que este filho, o político, é a ovelha ronhosa da família, disposto a todas as maldades para atingir os seus fins...
___________________________

No final de alguns filmes costuma aparecer "qualquer semelhança com a realidade é pura coincidência".
Neste caso, não é!
Também cá, neste nosso cantinho, onde, apesar de tudo os políticos não são tão poderosos como no Brasil, há pessoas que querem "fabricar" concelhos só com o intuito de virem a ser Presidentes de Câmara.
Se as freguesias em questão não têm população nem área que chegue para tal, se nem todos os habitantes dessas freguesias querem ser divididos, isso são meros pormenores...
E fazem figuras ridículas em manifestações mais ridículas ainda e agora até prometem levar cada um um saco de terra até Lisboa!
O que vale é que são muito poucos, senão as freguesias em questão ainda encolhiam mais!

20 comentários

Comentar post

Pág. 1/2

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2009
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2008
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2007
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2006
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2005
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2004
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D